Notícias

Documentário sobre Leila Diniz terá sessões gratuitas na plataforma Itaú Cultural no final de semana

Publicado em 12/01/22 às 11h56

No próximo final de semana (15 e 16 de janeiro) das 19h às 23h, a Itaú Cultural exibe Já que ninguém me tira para dançar, em sessão especial. Único documentário longa-metragem sobre Leila Diniz (1945-1972), é dirigido pela diretora e atriz Ana Maria Magalhães, de quem foi amiga bem próxima.
 
A produção combina imagens de filmes, fotos e cenas ficcionais vividas por Leila – no filme interpretadas em tempos diversos por Lídia Brondi, Louise Cardoso e Lígia Diniz. Com um retrato amplo da atriz, o longa mostra ela se tornou um ícone brasileiro. Por um lado, influenciadora de toda uma geração, por outro, rejeitada pelos generais e militares, além da sociedade conservadora vigente no país naquele período de ditadura.
 
O filme voltará a ser exibido na Itaú Cultural Play no dia 25 de março, data em que ela completaria 77 anos. Ele integrará uma mini mostra com produções das quais a atriz participou: A madona de cedro e Corisco, o diabo loiro, ambos dirigidos por Carlos Coimbra – o primeiro em 1968 e o segundo realizado um ano depois – e O Homem nu, sob direção de Roberto Santos, também em 1968.
 
Para ver o filme, basta acessar a plataforma https://www.itauculturalplay.com.br/, e realizar um cadastro gratuito que também garante acesso a todo o acervo.
 
Clique aqui para ler a entrevista com a diretora do filme. 

Outras notícias