Notícias

Mostra Xingu, online e gratuita, celebra 60 anos do parque indígena

Publicado em 01/12/21 às 13h52

A Mostra Ecofalante de Cinema preparou o especial Xingu 60 Anos, que marca as seis décadas de existência do Parque Indígena do Xingu, com 31 filmes realizados de 1932 a 2021, assinadas por Aurélio Michiles, Mari Corrêa, Maureen Bisilliat, Paula Gaitán, Vincent Carelli, Washington Novaes, Jesco von Puttkamer e uma nova geração de cineastas indígenas, representada por Takumã Kuikuro e Kamikia Kisêdjê. A mostra acontece de 1 a 12 de dezembro, online e gratuita para todo Brasil
 
Na abertura (1/12), a atração é o premiado Raoni (1978), indicado ao Oscar de melhor documentário (em sua versão norte-americana, com locução de Marlon Brando) e que, na versão brasileira (com a voz de Paulo César Pereio), conquistou quatro premiações no Festival de Gramado, incluindo a de melhor filme.
 
Narrado por Orlando Villas-Bôas, o filme Xingu/Terra (1981), da fotógrafa/diretora Maureen Bisilliat, retrata o cotidiano da aldeia indígena Mehinaku: Vencedor dos prêmios de melhor fotografia e melhor técnico de som no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.
 
Até hoje inédito comercialmente no Brasil, Uaka (1988) documenta delicadamente o universo e os movimentos de um dos rituais mais famosos dos povos indígenas xinguanos, o Kuarup, nesta obra de estreia na direção de longas da premiada diretora Paula Gaitán, viúva do cineasta Glauber Rocha.
 
Produções pioneiras como Ao Redor do Brasil (1932), do major Luiz Thomaz Reis, acompanha diferentes episódios do projeto militar-científico conhecido como Comissão Rondon;  Kuarup, do fotógrafo e cineasta alemão Heinz Forthmann; do diretor Jesco von Puttkamer, considerado um dos precursores da antropologia visual no Brasil, a programação inclui três títulos do realizador, um deles inédito no Brasil: O Destino das Mulheres Amazonas (1960), sobre a lenda das amazonas e como essas mulheres e seus costumes podem ter sobrevivido em outras tribos da região.
 
Além dos filmes, a programação conta com importantíssimos debates com o objetivo de conhecer e entender melhor o Parque Indígena do Xingu, com participações de André Villas-Bôas (antropólogo e secretário executivo do ISA - Instituto Socioambiental), Maiware Kaiabi (líder do povo Kaiabi),  Mekaron Txucarramãe (líder Kayapó e primeiro indígena a se tornar diretor do PIX), Vincent Carelli (indigenista, documentarista e fundador do projeto Vídeo nas Aldeias), Watatakalu Yawalapiti (liderança das mulheres indígenas do Alto Xingu), entre outros.
 
Serviço:
Xingu 60 Anos – programação especial da Mostra Ecofalante de Cinema 
de 1 a 12 de dezembro de 2021
online e gratuito
acesso aos filmes e demais atividades pelos endereços www.ecofalante.org.br
 
redes sociais
www.instagram.com/mostraecofalante
www.facebook.com/mostraecofalante
www.twitter.com/mostraeco
www.youtube.com/mostraecofalante

Outras notícias