Notícias

Drama francês sobre aborto, "L'Événement" vence o Leão de Ouro em Veneza

Publicado em 11/09/21 às 18h27

L’Évenement (foto), de Audrey Diwan (França), um drama que aborda o tema do aborto nos anos 1960, venceu o Leão de Ouro no 78º Festival de Veneza, que se encerrou neste sábado (11/9) – uma edição que se notabilizou pelos prêmios para mulheres.
 
Ficou para a neozelandesa Jane Campion o Leão de Prata de melhor direção, por The Power of the Dog, assim como o de melhor roteiro foi atribuído à norte-americana Maggie Gyllenhaal, atriz estreante na direção com o drama The Lost Daughter, uma adaptação de A Filha Perdida, um dos quatro livros da famosa tetralogia da autora italiana Elena Ferrante.
 
Outro Leão de Prata, o Grande Prêmio do Júri, foi dado ao diretor italiano Paolo Sorrentino, pelo filme É Stata la Mano di Dio, que venceu também o troféu Marcello Mastroianni para melhor ator estreante (Filippo Scotti), que interpreta o protagonista, um jovem crescendo na Nápoles dos anos 1980. .
 
Um Prêmio Especial do Júri ficou para outro italiano, Michelangelo Frammartino (As Quatro Voltas), pelo filme Il Buco.
 
A Copa Volpi de melhor atriz foi concedida à espanhola Penélope Cruz, protagonista do drama Madres Paralelas, de Pedro Almodóvar. O melhor ator foi o filipino John Arcilla, pelo filme On the Job: The Morning Eight, de Erik Matti.

Outras notícias