Notícias

Filme brasileiro "Medusa" é selecionado para a Quinzena dos Realizadores de Cannes

Publicado em 09/06/21 às 16h02

 
"Medusa", de Anita Rocha da Silveira, foi selecionado para a Quinzena dos Realizadores, do Festival de Cannes
 
Medusa, segundo longa da jovem diretora brasileira Anita Rocha da Silveira, foi selecionado para a Quinzena dos Realizadores, uma das principais seções paralelas do Festival de Cannes.
 
A diretora, que estreou em 2015 com o premiado Mate-me por Favor - selecionado para a seção Horizontes de Veneza e diversos outros festivais -, conta, em Medusa, uma outra história carregada de suspense e estranheza. Nela, no Brasil atual, uma jovem de 21 anos, Mariana (Mari Oliveira), forma um grupo de garotas, obcecadas pela perfeição e o controle de tudo e todos à sua volta, incluindo as que consideram pecadoras. À noite, o grupo de Mariana põe suas máscaras e caça e espanca todas aquelas que se desviam do caminho que consideram o bem. 
 
No elenco, Lara Tremouroux, Joana Medeiros, Felipe Frazão, Bruna G, Bruna Linzmeyer e Thiago Fragoso. Na direção de fotografia, João Atala (Democracia em Vertigem). No desenho de produção, Dina Salem Levy (Benzinho).
 
O filme de Anita integra a seleção principal da mostra, com 24 longas, que inclui também diretores como o português Miguel Gomes (que apresenta Diários de Otsoga, codirigido por Maureen Fazendeiro), o francês Emmanuel Carrère, com Ouistreham (estrelado por Juliette Binoche) e os italianos Alice Rohrwacher, Pietro Marcello e Francesco Munzi, que codirigem Futura
 
Homenagem a Wiseman

A 53a edição da Quinzena abrirá com o prêmio Carrosse d’Or, em homenagem ao veteraníssimo documentarista norte-americano Frederick Wiseman, 91 anos, que apresentará na abertura da mostra, 7 de julho, seu mais recente filme, Monrovia, Indiana - um mergulho numa cidadezinha do interior dos EUA, logo após as eleições de 2016. A Quinzena estende-se até 17 de julho.

Outras notícias