Notícias

Evento de mercado do Festival de Cinema Florianópolis Audiovisual Mercosul terá cinco especialistas

Publicado em 25/05/21 às 16h58

A Associação Cultural Panvision, organizadora do Festival de Cinema Florianópolis Audiovisual Mercosul, lançou nesta terça-feira (25/05) o Conselho Consultivo do Encontro de Coprodução do Mercosul - ECM, principal evento de mercado do Sul do país, com cinco grandes especialistas no tema.

Este primeiro e histórico grupo é composto por Agustina Chiarino (Mutante Cine), Gerardo Michelin (LatAm Cinema), Isona Admetlla (World Cinema Fund Berlin), Mauro Garcia (Bravi) e Vinicius De Lucca, Superintendente Municipal de Turismo de Florianópolis, como anfitrião.

O Conselho foi criado com o objetivo de desenvolvimento conjunto de ideias para ações ligadas ao eixo central de cooperação dos mercados audiovisuais do continente sulamericano com o mundo.

De acordo com a diretora de programação do FAM, Marilha Naccari, esta é uma iniciativa importante para manter a direção do festival em contato com a movimentação de diferentes vertentes do ecossistema audiovisual internacional. "A criação do Conselho é um projeto piloto para o aprimoramento e crescimento do ECM que este ano chega à sua quinta edição", explica Tiago Santos, diretor de produção do FAM.

“O conselho do ECM é uma experiência para termos uma América Latina mais unida em termos audiovisuais, para que nossas culturas possam circular”, considera Antonio Celso dos Santos, diretor do FAM.

Para Agustina Chiarino, a existência do conselho fortalece a relação e a coprodução entre países da América Latina e Europa. Gerardo Michelin traz ao conselho a expertise de 15 anos de existência do LatAm, portal de informação latino-americano voltado à indústria audiovisual, e do mapeamento de financiamento para produções Show me the fund, que teve uma edição lançada no FAM 2020.

Isona Admetlla, representante do continente europeu, destacou aspectos da distribuição que o conselho poderá discutir. “Meu interesse é que os projetos de cineastas independentes se produzam e possam chegar às audiências”, observou.

Marco Garcia, da Bravi, que reúne em torno de 700 empresas audiovisuais brasileiras, destacou a importância neste momento histórico da atuação política do setor audiovisual, no Brasil e América Latina. Como superintendente de Turismo de Florianópolis e da Film Comission municipal, Vinícius de Lucca mencionou os esforços para tornar Florianópolis uma cidade film friendly, facilitadora para atrair produções de vanguarda.

Também participaram desta primeira reunião do Conselho Consultivo do ECM, Mary Morita, gerente executiva Brazilian Content - BRAVI -, e Lucas Soussumi gerente de projetos - BRAVI.

O 25º Florianópolis Audiovisual Mercosul será realizado de 23 a 29 de setembro em formato on-line. Mais informações no site www.famdetodos.com.br

  


Outras notícias