Notícias

Curta Neblina homenageia Suzana Amaral e Ruth de Souza

Publicado em 25/09/20 às 15h51

O CURTA NEBLINA - Festival Latino-Americano de Cinema, chega à sua sétima edição homenageando importantes artistas brasileiros falecidos recentemente. Entre eles, a cineasta Suzana Amaral e a atriz Ruth de Souza.
 
No próximo domingo (27-9), será exibido o filme A Hora da Estrela (1986) - em homenagem à cineasta Suzana Amaral; No outro domingo (4-10), o drama Filhas do Vento (de Joelzito Araújo, 2016), em homenagem à atriz Ruth de Souza, que integra o elenco. 
 
Os filmes são exibidos sempre a partir da meia-noite (de sábado para domingo) até a meia-noite (de domingo para segunda) no http://www.cachacafilmes.com/curtaneblina
 
O CURTA NEBLINA - Festival Latino-Americano de Cinema foi criado originalmente para dar visibilidade aos curtas-metragens e à projeção de novos cineastas. Seu nome deve-se ao fato de ter como origem a Vila de Paranapiacaba (que pertence à Santo André/SP), muito conhecida por sua neblina, que deu origem a várias lendas locais.
 
Abaixo, informações sobre títulos da programação:
 
Mostra Competitiva
 
Ficção
1.            Fotografias – Marcelo Giannini – Brasil – 10’
 
2.            En Crítica – Luz Orlando Brennan – Argentina – 16’
 
3.            Quiero Saber Por Qué Me Dejaste – Federico Pozzi e Ivan Stoessel – Argentina – 15’
 
4.            Entre Nós – Maciel Fischer – Brasil – 15’42”
 
5.            Cuento de mar - Sofía Carolina Forciniti - Argentina – 15’
 
6.            Cóndor de los Andes - Will Mazzola – Brasil/Argentina – 15’
 
7.            Tudo que eu Amo Morre – Lula Magalhães – Brasil – 14’30”
 
8.            Tres – Ivan Iannamico e Juan Flores – Argentina – 16’
 
9.            Redoma – Daniel Tupinambá – Brasil – 14’40”
 
Documentário
 
1.                  Única - Hugo Mata Parducci - El Salvador – 20
 
 
2.            Romance De La Ternura Tardía - Ana Bugni - Argentina – 18’02
 
3.            Tape Project – Marcio di Benedetto – Brasil – 9’
 
4.            La Última Escena – Mijael Bustos – Chile – 19’
 
Animação
 
1.            Esperando la lluvia - Franco Lombardi - Argentina – 12’20
 
2.            La Chica del Vestido Rojo y Sombrero Amarillo - Alvaro Rozas Leiva - Chile – 12’48
 
3.            Arroz y Fosforos - Javier Beltramino – Argentina – 8’30
 
4.            The Old Lady – Eve Ferretti – Brasil - 2’30”
 
5.            Prematuro Braulio - Ariela Szerman - Argentina – 5’41”
 
6.            Doña Ubenza – Juan Manuel Costa – Argentina – 4’
 
Mostra Paralela
 
1.            Passeio Noturno (ficção) - Ricardo Corsetti – Brasil – 16’
2.            Depois (ficção) – Marcelo Quintella e Boynard – Brasil – 20’
3.            Coxinha (ficção) - Cristiano Sousa – Brasil – 12’20”
4.            Cabeça de Rua (ficção) – Angélica Lourenço - Brasil - 14’35”
5.            Esconde Esconde (ficção) – Luiz Felipe Mendes – Brasil – 5’40”
6.            A Ratoeira (documentário) – Carlos Adelino – Brasil - 10’37”
 
Exibição Especial - Homenagem à Espanha
 
1.            LifeTime (animação) - Ramón Mascarós y Carlos Escutia - 10’24"
2.            Lolo & Lini (animação) - Frederic Serrallet - 00'36"
3.            Ex-Humación (ficção) - Antonio Galarzo Heredia – 12’38
4.            Encuentrarnos (ficção) - Marie-Magdeleine Levy - 12’15
5.            Fuera de catálogo (ficção) - Fabricio L. D´Alessandro - 12’30
6.            Sobre Ruedas (ficção) - Rubén Pascual Tardío - 12'18
 
Acompanhe o festival É Tudo Verdade

Outras notícias