Lina from Lima

Lina from Lima

Ficha técnica


País


Sinopse

Lina é uma peruana que há algum tempo trabalha na casa de uma família rica no Chile. Sem ver o filho adolescente, que ficou com o pai em Lima, há muito tempo, ela planeja voltar para casa no Natal. Enquanto esse dia não chega, ela sonha com números musicais nos quais seria a estrela.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

30/08/2021

Lina From Lima traz um olhar carinhoso e lúdico a um tema caro ao cinema latino-americano: a relação entre empregada e patrões. De Que horas ela volta? a Roma, os filmes investigam a exploração que ocorre de maneira quase singela e escamoteia as relações de trabalho. Escrito e dirigido pela chilena María Paz González, uma documentarista que estreia na direção de ficção, o longa se vale de um elemento novo ao subgênero: a fantasia.
 
Lina (Magaly Solier) veio do Peru e se instalou em Santiago, onde trabalha numa casa de classe média alta, num condomínio fechado. Acompanhamos o cotidiano da mulher, em seus cuidados com a casa e a filha adolescente dos patrões, Clara (Emilia Ossandon). Entre uma tarefa e outra, a protagonista encontra tempo para sonhar e imagina-se em números musicais kitsch, nos quais é a estrela.
 
Mais do que dar voz à mulher silenciada, Paz Gonzáles dá-lhe o direito de sonhar com uma vida de glamour (ao seu modo), à qual ela jamais terá acesso. Lina é a estrela em seus números com neon, danças sensuais e dançarinos que a adoram e desejam. Na vida real, ela espera poder viajar a Lima, onde irá se encontrar com o filho adolescente que lhe pediu uma camisa original de Messi. Como Clara passa a maior parte do tempo sozinha, é Lina quem cuida dela, fazendo papel de pais, irmãs e amiga confidente.
 
O filme não pinta um retrato de uma mulher infeliz e submissa. Embora Lina tenha suas dores e tristezas, ela também sabe de sua beleza – o que lhe permite ter parceiros eventuais. É uma mulher que pratica sua sexualidade sem medos. Solier, possivelmente, a atriz que melhor representa a América Latina no momento, brilha no papel, sendo capaz de captar as nuances dessa figura. Já a diretora mostra segurança na condução de um filme que transita entre os gêneros e desponta como um nome a se prestar atenção no cinema latino-americano.

Alysson Oliveira


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança