Submissão - Uma Luta pela qual Vale a Pena Morrer

Ficha técnica


País


Sinopse

Depois de uma dura experiência no Afeganistão, dois soldados norte-americanos, Bear e Cowboy, voltam para casa com sérios problemas físicos e psicológicos. Para ajudar no tratamento do amigo, gravemente doente, Bear se arrisca num circuito clandestino de luta.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

06/01/2021

Em sua estreia na direção, o câmera e diretor de fotografia J.M.Berrios escolhe um tema relevante - o drama dos veteranos de guerra norte-americanos, que voltam para casa abatidos, feridos, física e psicologicamente, sendo não raro descartados pelo establishment depois de terem se sacrificado por seu país.
 
Partindo de um roteiro de Scott Pryor, que assume também o papel do protagonista, Bear, o filme começa em plena guerra no Afeganistão, quando ele e seu colega de tropa, “Cowboy” (Darrin Dewitt Henson), são capturados. Com um prêmio alto por sua cabeça, já que ele é um sniper, Bear é submetido a torturas e, assim como seu amigo, recebe injeções misteriosas que abalam sua saúde.
 
A partir deste segmento inicial, instala-se uma dramaturgia um tanto maniqueísta, que priva estes e outros personagens de uma complexidade maior. De todo modo, Bear e Cowboy conseguem escapar a duras penas, iniciando outro capítulo dramático em suas vidas, depois da volta para casa.
 
Desajustado, Bear encara o vício da heroína. Também não é aceito de volta pela ex-namorada, Skyler (Sara McMann). Cowboy, que se chama Chris, ao contrário, tem uma mulher amorosa à sua espera, Mia (Dixie Light), e que logo engravida. No entanto, a injeção do Afeganistão causou um envenenamento mortal em Chris, que os médicos acreditam ter poucos meses de vida.
 
O foco maior da história está na tentativa de Bear de superar seu vício e tentar empregar-se. Quando não consegue, vê-se forçado a retornar às lutas de boxe, sua atividade do passado, quando era treinado pelo pai de Skyler, Bronx (Eric Roberts). Bear deseja não só sustentar-se mas ganhar um alto prêmio em dinheiro que lhe permita ajudar no tratamento do amigo Chris, o que o leva a aceitar entrar num circuito clandestino de luta onde a vida de ninguém vale nada. 

A ênfase da história,afinal, está no valor do sacrifício - quem reparar bem no título nacional do filme, aliás, já está avisado do que pode rolar. Mas a inexperiência do diretor compromete bastante o resultado final, faltando-lhe aprender a afinar sua sensibilidade e poder, assim, atingir notas mais altas num drama que certamente tem muitas referências na realidade dos EUA.


Neusa Barbosa


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança