A pequena cidade

A pequena cidade

Ficha técnica


País


Sinopse

A história de uma família numa pequena cidade perdida no interior da Turquia é contada ao longo de quatro estações pelo ponto de vista de uma garotinha que tenta compreender o mundo dos adultos e o processo de amadurecimento.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

04/01/2021

Ganhador da Palma de Ouro em 2014 por Sono de Inverno, o turco Nuri Bilge Ceylan estreara em longas dezessete anos antes com A Pequena Cidade, um drama em preto e branco que já anuncia temas que lhe são caros ao longo de sua carreira, inclusive em seu trabalho mais recente, A árvore dos frutos selvagens, de 2018. Sua estreia acompanha a vida de uma família num vilarejo remoto na Turquia.
 
O roteiro, assinado por Ceylan e Emin Ceylan, é marcado pelas quatro estações do ano, que estruturam a narrativa. A primeira parte é situada no inverno e começa numa pequena sala de aula, onde o professor olha distraidamente pela janela, enquanto os alunos leem um livro que exalta a sociedade e a família como base da vida turca. Alguns incidentes acontecem, como uma aluna, Asiye (Havva Saglam), ter trazido um lanche que exala um cheiro forte por estar apodrecido.
 
As estações passam e acompanhamos alguns momentos na vida dessa menina, como quando ela e o irmão brincam num cemitério, ou sua família discute reunida em torno de uma fogueira. Os temas serão aqueles que estarão presentes nos filmes subsequentes do diretor, como guerra, pobreza, trabalho.
 
Ceylan parte de uma história autobiográfica de sua irmã e faz um filme altamente pessoal, com fotografia em preto e branco também assinada por ele. O apreço  que tem pela natureza e pelo tempo de cada cena, assim como o dos personagens, tornou-se uma espécie de marca registrada nos anos seguintes.

Alysson Oliveira


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança