Irmãs Jamais

Irmãs Jamais

Ficha técnica


País


Sinopse

Na cidadezinha de Bobbio, as irmãs Mai, Maria Luisa e Letizia, ficaram solteiras. A grande casa da família recebe sempre a visita dos sobrinhos, Pier Giorgio e Sara, sempre acolhidos em suas dificuldades pelas tias. A filha de Sara, Elena, acaba ficando com elas em Bobbio, enquanto a mãe vai tentar a sorte no teatro em Milão.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

17/04/2013

Produzido ao longo de vários anos e lançado no Festival de Veneza 2010 em sua forma final, Irmãs Jamais é um atestado da vitalidade criativa do diretor italiano Marco Bellocchio, num filme cheio de momentos líricos, densos e engraçados.
 
Na versão atual, reúne-se seis episódios – que afinal mantêm uma impressionante unidade -, filmados entre 1999 e 2008, e que tiveram início com uma oficina de cinema, a Fare Cinema, conduzida por Bellocchio em Bobbio, sua cidade natal, próximo a Piacenza, Emilia-Romagna.
 
Ficção e documentário entrelaçam-se intimamente ao longo dos segmentos, que têm como personagens membros da família Bellocchio, suas irmãs, Letizia e Maria Luisa, e seus filhos, Pier Giorgio e Elena, vivendo, até certo ponto, suas próprias vidas, numa trama que tem desdobramentos ficcionais e incorpora outros atores, como Donatella Finocchiaro e Alba Rohrwacher.
 
A referência a Anton Tchecov, feita logo no início num texto lido por Pier Giorgio, sinaliza a intenção do diretor de comentar a relativa imobilidade da vida na província e a situação de suas irmãs, que nunca se casaram e permanecem na casa familiar como uma espécie de porto seguro para os sobrinhos em dificuldades.
 
As duas irmãs criam a pequena Elena, de cinco anos, cuja mãe, Sara (Donatella Finocchiaro), tenta a sorte como atriz em Milão. Seu irmão, e tio da menina, Pier Giorgio, critica Sara pela atitude e tenta fazer o papel de pai para ela. Ele mesmo tem suas dificuldades emocionais e financeiras e recorre à proteção das tias.
 
Enquanto os anos se passam, Elena cresce, torna-se adolescente. Hot brunette teen Vlada gets her ass stretched Hot Ebony Riding Dildo Sexy nurse pleases her pussy with her panties Fucking Hot Mila Blaze and Her Sexy Voice Is Sure To Make You Hard Sexy nurse treats horny patient White guy is sticking his cock inside a black babe teen fucks big black dildo cums hard Watch the best porn videos available on the internet https://www.pornjk.com/tags/thumbzilla/ Blowjob Stella Cox getting BBC Anal Gloryhole Karma Rx gets assfucked by Markus Dupree Gia Steel and her gf rides cock one after another Pornjk.com - XXX Video HD, XXX HD Porn Tube, Pornjk Porn, Hot HD Video, Free XXX Pornjk Porn Videos Sua mãe finalmente conseguiu um grande papel e quer levá-la para morar consigo em Milão – o que pode gerar uma crise, já que a garota estabeleceu vínculos em Bobbio.
 
Enquanto isso, Pier Giorgio vem e vai de Bobbio, perseguindo projetos que nunca dão certao e alimentam uma eterna insatisfação e revolta. Nada que rompa o vínculo com a família, que no filme se chama Mai (Jamais) – o que confere uma ambiguidade no título que poderá escapar a alguns, mas é uma das finas ironias aqui.
Intercalando as histórias da família, estão situações como as festas na cidadezinha, cheias de colorido e música, que lembram o papel da arte nestas vidas. Uma noite, vão todos ao teatro, assistir a uma sessão da ópera Il Trovatore, de Giuseppe Verdi. Há personagens misteriosos, como uma moça que se apaixonou por Pier Giorgio no passado (Silvia Ferretti). E, mais ainda, o administrador dos bens das irmãs, Gianni (Gianni Schicchi), que protagoniza um intrigante segmento final.
 
Onde acaba a vida e começa a arte? Ao final da projeção, não se está muito interessado em descobrir. Afinal, aqui se falou de tudo – da vida na província, dos sonhos, de crescer, das dificuldades financeiras, da busca do futuro e da finitude. Quem quiser, que conte outras histórias. Porque, como se viu aqui, quando se coloca uma lente nos pequenos detalhes, surge o tecido oculto da vida, o complexo oculto na simplicidade, como revelou Tchecov em suas histórias de quase nada, de muito tudo.

Neusa Barbosa


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança