As aventuras de Tintim

Ficha técnica


País


Sinopse

O jovem repórter Tintim encanta-se por um modelo de navio a vela, que compra numa barraca de antiguidades. Lá mesmo começa a ser assediado por um homem misterioso, que quer comprar o barquinho por qualquer preço. Depois de sua recusa, Tintim começa a ser perseguido e acaba envolvido numa aventura, que tem a ver com a caça a um antigo tesouro.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

17/01/2012

Uma vez, Steven Spielberg descreveu Tintim, o personagem criado nos quadrinhos do desenhista belga Hergé (1907-1983), como “o Indiana Jones para crianças”. Nada mais lógico, portanto, que o diretor americano um dia se dedicasse a levar para a tela a história belga, o que ele faz com grande fidelidade ao visual original em As aventuras de Tintim. O filme venceu o Globo de Ouro de melhor animação e concorre a diversos outros prêmios, como do Sindicato de Produtores da América, além de uma indicação ao Oscar (melhor trilha sonora para John Williams, que concorre também por outro filme de Spielberg, Cavalo de Guerra).

Convivem em Spielberg dois lados: o mago da técnica, que por seu prestígio pode permitir-se não poupar recursos (o que ele faz realizando uma animação baseada na captura eletrônica dos movimentos dos atores e no 3D) e também uma espécie de coração de menino, sempre em busca da fonte de maior encantamento. Embora, é bom que se diga, em As aventuras de Tintim o charme seja mais dirigido ao mundo masculino.

Escrita pelos roteiristas britânicos Steven Moffat, Edgar Wright e Joe Cornish, a história mistura três aventuras escritas por Hergé entre 1941 e 1944. O jovem repórter Tintim (Jamie Bell, de Billy Elliott) compra numa barraca de antiguidades um modelo de navio a vela, o Unicórnio. Segundos depois da compra, Tintim é assediado pelo misterioso Ivan Sakharine (Daniel Craig), que oferece uma alta soma pelo navio. Mas o rapaz não aceita.

O navio esconde um segredo: dentro de seu mastro, está uma das três partes de um tipo de mapa que leva a um tesouro perdido nos séculos. Sem saber de nada, Tintim tem a desagradável surpresa de encontrar seu apartamento arrombado e revirado. Como os ladrões não encontraram o que queriam, o próprio Tintim será exposto ao perigo, sendo sequestrado por malfeitores num navio.

Nesse navio, enquanto põe para funcionar suas mil e uma habilidades, beneficiando-se também de seu não menos esperto cãozinho, Milu, Tintim encontra um capitão alcoólatra, Haddock (Andy Serkis), descendente do capitão que achou originalmente o tesouro, sir Francis Haddock. Forma-se aí a dupla improvável que vai tentar impedir o vilão Sakharine de apoderar-se da riqueza perdida.

A luta para encontrar as três partes do mapa leva Tintim e o capitão a viagens exóticas, que incluem o deserto do Saara – onde cai o avião que os levava – e também a uma certa Bagghar, no Marrocos. Nesta última parada, acontece uma das melhores sequências do desenho, envolvendo uma acelerada perseguição à la Indiana Jones, ladeira acima, ladeira abaixo, envolvendo vários tipos de veículos e na qual Tintim parece empenhado em provar que quase pode voar. Uma sequência que, diga-se de passagem, levou um ano e meio para ficar no ponto que Spielberg queria. Mas valeu a pena.

Outra boa sequência é o flashback que descreve a batalha entre o ancestral de Haddock e o pirata Red Rackham – onde os dois navios a vela enroscam seus mastros em chamas, enquanto as respectivas tripulações empenham-se em encarniçada luta corporal.

Neusa Barbosa


Trailer


Comente
Comentários:
  • 20/01/2012 - 19h26 - Por abel Neusa amei o filme , conheci tintim pelos desenhos da cultura, a captura de movimento é fantástica é a melhor obra desenho parecendo real, tudo funciona muito bem os detalhes minucioso, a fuga de avião pelo saara que lindo, a reconstituição da época, spielberg fez sem dúvida um dos melhores filmes desse ano, só é ruim ler legenda em 3D fica muito dificil.
  • 22/01/2012 - 22h36 - Por Gabriel Neusa,achei o filme excelente.mereceu ganhar o Globo de ouro de melhor animação.quais são os seus palpites para o Oscar desse ano?
Deixe seu comentário:

Imagem de segurança