Nunca É Tarde Para Amar

Ficha técnica

  • Nome: Nunca É Tarde Para Amar
  • Nome Original: I Could Never Be Your Woman
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: EUA
  • Ano de produção: 2007
  • Gênero: Comédia, Drama
  • Duração: 97 min
  • Classificação: 12 anos
  • Direção:
  • Elenco: Michelle Pfeiffer, Paul Rudd, Jon Lovitz

País


Sinopse

Quarentona e divorciada, Rosie (Michelle Pfeiffer) é a roteirista de um seriado de sucesso na televisão. Um dia, precisa contratar um novo ator. Aparece um jovem, Adam (Paul Rudd). A paixão renasce na vida dela.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

20/09/2007

O título não é dos melhores, mas o filme não é ruim. Retrata com bastante leveza e um bocado de inteligência uma situação bastante contaminada pelo preconceito: o romance entre uma mulher madura e um rapaz mais jovem. Que a mulher seja Michelle Pfeiffer, uma quase cinqüentona lindíssima e em melhor forma do que muitas adolescentes, só acrescenta alguma ironia à mistura.E que o rapaz seja o bonitão Paul Rudd, que arrasta um trem para ficar com a balzaquiana, enquanto ela resiste, só adiciona tempero a uma trama no fundo comum.

O recurso cômico da presença de Mãe Natureza em pessoa, interpretada pela atriz britânica Tracey Ullman (Trapaceiros), quase põe tudo a perder. A primeira participação dela, um longo monólogo na primeira cena, chega a assustar. “Se o filme for por aí, caio fora”, poderá pensar o espectador. É bom resistir a este primeiro impulso. A história melhora muito depois. As participações de Mãe Natureza, como uma espécie de consciência negativa de Michelle Pfeiffer, conseguem ser, finalmente, engraçadas – quase sempre.

La Pfeiffer interpreta Rosie, roteirista principal de uma série de TV, programa um tanto cretino, mas de muito sucesso. Sua vida profissional vai bem, a pessoal, nem tanto. Divorciada de um gordinho xereta (Jon Lovitz), ela vive com a filha pré-adolescente, Izzie (a ótima Saoirse Ronan). Há anos, Rosie não tem um namorado. Até que redescobre a paixão com um jovem ator, Adam (Rudd), que vem fazer teste para um papel na série.

Rosie tem total consciência da cobrança da sociedade em casos como o seu – e que é o exato inverso da situação homem maduro/mulher jovem. Assim, depois de alguns encontros com o bonitão, que é inteligente e gracinha, ela ouve Mãe Natureza e acha que tudo vai dar errado. É melhor se proteger e cair fora. O lindinho resiste...

Não tem cabimento entregar o final desta comédia romântica, que é bem simpática. Vale chamar a atenção para a filha de Michelle no filme. A irlandesinha Saoirse, de 14 anos, vista nas séries britânicas Proof e The Clinic, é ótima. Ela oferece um ótimo contraponto na história, porque vive seu primeiro amor. Repare nela. A menina promete.

Neusa Barbosa


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança