Antônia

Ficha técnica

  • Nome: Antônia
  • Nome Original: Antônia
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: Brasil
  • Ano de produção: 2006
  • Gênero: Drama, Musical
  • Classificação: Livre
  • Direção: Tata Amaral
  • Elenco:

País


Sinopse

Preta, Barbarah, Maya e Lena são quatro garotas negras, pobres e moradoras da Vila Brasilândia, periferia de São Paulo. Amigas desde crianças, elas lutam pela realização de seu sonho: viver de música, na banda de rap que batizaram de "Antônia".


Extras

- Making of

- Videoclipe


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

08/02/2007

Depois de uma temporada de sucesso como minissérie na TV Globo, no final de 2006, chega às telas a versão cinematográfica de Antônia. O grande diferencial do filme, que tem roteiro e direção da diretora paulista Tata Amaral, também autora da série, está em explicar melhor o passado das quatro protagonistas, jovens rappers do bairro da Vila Brasilândia, periferia de São Paulo. Elas são interpretadas pelas cantoras Negra Li, Leilah Moreno, Cindy e Quelynah. No elenco, comparecem Sandra de Sá, Thobias, o puxador de sambas da escola Vai Vai, e o rapper Thaíde.

Completando aqui uma trilogia em que discute a condição feminina, iniciada pelos premiados Um Céu de Estrelas (1997) e Através da Janela (2000), Tata Amaral retrata suas personagens como quatro jovens pobres e batalhadoras, lutando pelo sonho de montar uma banda e viver da música. Um dos obstáculos é o machismo, afinal, o mundo do rap ainda é predominantemente masculino.

Ainda assim, as quatro conseguem mostrar seu trabalho numa apresentação, atraindo a atenção de um empresário meio trapalhão, Marcelo Diamante (Thaíde). Por meio dele, elas começam a ganhar dinheiro com alguns shows. Mas nem sempre para cantar o que realmente gostam, que é rap. Chega um momento em que precisam decidir até que ponto é preciso fazer concessões.

Não é seu único dilema. No dia-a-dia, a dura realidade da periferia se impõe. Preta (Negra Li) tem dificuldades para sustentar a filha e resolver pendências com o ex-marido. Lena (Cindy) é pressionada pelo marido ciumento a deixar a vida de cantora. Barbarah (Leilah Moreno) acaba tendo problemas com a lei ao tentar resolver com as próprias mãos a violência sofrida por seu irmão, que é homossexual.

Co-produzido pela O2 Filmes de Fernando Meirelles, o filme é uma nova tentativa de aliar criativamente produtos audiovisuais na televisão e no cinema. O próprio Meirelles fez isso a partir do curta Palace II (2002), cujos personagens, Acerola (Darlan Cunha) e Laranjinha (Douglas Silva), acabaram estrelando a bem-sucedida série de TV Cidade dos Homens, além de servir como ensaio ao desenvolvimento do filme de sucesso internacional Cidade de Deus.

Neusa Barbosa


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança