Deu a Louca na Chapeuzinho

Ficha técnica

  • Nome: Deu a Louca na Chapeuzinho
  • Nome Original: Hoodwinke
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: EUA
  • Ano de produção: 2005
  • Gênero: Animação, Comédia
  • Duração: 80 min
  • Classificação: Livre
  • Direção:
  • Elenco:

País


Sinopse

A velha história de Chapeuzinho Vermelho ganha uma roupagem pós-moderna nesta animação. Depois de ser quase enganada pelo lobo e salva pelo lenhador, a garota é questionada por um sapo detetive, que não acredita na sua versão. Para esclarecer os fatos de vez, ele toma o depoimento do lobo, da avó e do lenhador. Cada um tem uma versão para o que aconteceu.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

06/10/2006

Embora seja uma animação e o título remeta ao conto da Chapeuzinho Vermelho, este longa tem pouco – ou quase nada – de infantil. Deu a Louca na Chapeuzinho é uma comédia mais voltada para um público adolescente e mesmo adulto, pois é um filme que depende mais da compreensão das piadas, algumas até de duplo sentido, e das referências, e pouco se apóia na animação – feita, aliás, por computador e nunca muito competente.

Deu a Louca na Chapeuzinho Vermelho é uma mistura de Rashomon com a famosa história da Carochinha. Cada um dos personagens centrais do conto tem a sua versão dos fatos. O básico é o que todo mundo cresceu ouvindo: uma menina de gorro vermelho vai levar doces para a sua avó doente. Um lobo mau tenta devorar a criança, mas não consegue, acaba devorando a velhinha e toma o seu lugar. Quando vai dar um bote e fisgar Chapeuzinho, um lenhador aparece, mata o animal e salva o dia.

Mas e se o lobo não é tão mau e a Chapeuzinho não é tão ingênua? Nem a avó tão inocente? E se o lenhador não tem nada de esperto? Aparentemente, segundo o roteiro escrito pelos diretores do filme, Cory Edwards, Todd Edwards e Tony Leech, a história oficial não é verdadeira, e cabe a um sapo detetive, à la filme noir, tomar depoimentos dos quatro envolvidos.

A versão de cada personagem confronta e, às vezes, complementa aquela dada pelo outro. Assim, o filme monta um quebra-cabeças com os depoimentos, que armam uma teia que junta tudo no final. O trio de diretores-roteiristas mostra-se bem criativo na hora de inventar fatos novos na vida de cada dos personagens.

Deu a Louca na Chapeuzinho é diversão pós-moderna cheia de influências e comentários pop. Embora muitas vezes pareça o primo menos sagaz de Shrek, o filme ainda diverte graças a boas sacadas do roteiro, uma vez que a animação não é muito sofisticada, especialmente com os personagens humanos.

Alysson Oliveira


Comente
Comentários:
  • 02/04/2012 - 20h49 - Por Beatriz do Bosário eu me diverti com essa vesão maluca,e o legal é que está tudo dos avesos,agente rir sem parar.
  • 08/12/2014 - 22h16 - Por gabriella martiniano costa vcs podiam colocar as versoes dos fatos de cada personagem... (dica)
  • 10/11/2015 - 13h08 - Por allan gente aguem sabe a versao de fatos dos personagens tenho um trabalho
  • 02/11/2019 - 07h41 - Por Maria Marlene Leite Soares A contextualização do filme : Deu a louca na chapeuzinho vermelho com a historia original,abre um legue para trabalhar com crianças da Educação Infantil e séries iniciais. Parabéns para vocês! Amei!!!
Deixe seu comentário:

Imagem de segurança