Maldição

Ficha técnica

  • Nome: Maldição
  • Nome Original: An American Haunting
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: EUA
  • Ano de produção: 2005
  • Gênero: Suspense, Terror
  • Duração: 91 min
  • Classificação: 16 anos
  • Direção:
  • Elenco: Donald Sutherland, Sissy Spacek

País


Sinopse

No vilarejo de Red River, uma mulher tida como bruxa lança uma maldição sobre a família Bell. Pouco depois, a casa da família passa a ser assombrada por um espírito maligno, que maltrata especialmente a jovem filha.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

25/09/2006

Uma das mais malversadas e difundidas histórias sobre bruxaria e espíritos do folclore norte-americano é a lenda da bruxa Bell (sem relações com a de Blair), que aterrorizou uma família no Tennessee por dois anos. A supostamente bem documentada série de eventos paranormais foi desacreditada por meio de investigações posteriores, mas sempre ficou no imaginário da população local, que usa a lenda como um atrativo turístico.

A história é confusa, até porque existem duas dezenas de livros que relatam o assunto com as mais estapafúrdias teorias. No entanto, a maioria delas coincidem em um ponto: Kathryn Batts, considerada uma bruxa no vilarejo de Red River, lança uma maldição sobre a família Bell, e um poltergeist passa a atacá-los violentamente, até que uma tragédia maior põe fim ao fenômeno.

Um relato que, diga-se, demorou bastante para chegar às telas, visto a enormidade de informações a respeito. No entanto, quando finalmente ganha sua versão cinematográfica, o resultado é uma história tão absurda quanto a própria lenda.

Escrito, produzido e dirigido por Courtney Solomon (responsável pelo desastroso Dungeons & Dragons), a produção não aproveita nada de bom que essa história carrega há quase duzentos anos. O roteiro recorre a chavões do gênero desnecessariamente e abusa de situações que só dão sustos nos espectadores. Pior: não consegue sequer fazer com que a tal assombração seja um elemento aterrorizante para quem assiste ao filme.

Sem equilíbrio e repleto de falhas narrativas, o filme é também assustadoramente pobre em efeitos especiais (se comparado a produções similares como A Névoa). Solomon, nesse sentido, parece ter errado em várias etapas, incluindo aí uma inexplicável mudança cromática que acompanha as mais diferentes situações.

No fim, o que segura o filme é a presença dos veteranos Donald Sutherland e Sissy Spacek, que dão maior peso dramático e credibilidade à produção. A bela jovem Rachel Hurd-Wood também não desaponta no papel da garotinha atormentada pelo suposto espírito. No entanto, os fãs de filmes como Maldição dificilmente irão ao cinema apenas para admirar a performance dos três atores.

Rodrigo Zavala


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança