Resgate Abaixo de Zero

Ficha técnica


País


Sinopse

Baseado em um fato real, este filme mostra um grupo de cachorros que foram abandonados no Alaska e a jornada de seu treinador, que vai até o local salvá-los. Enquanto esperam o resgate, os animais tentam sobreviver às condições adversas.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

24/04/2006

Um dos produtores mais celebrados de Hollywood, Frank Marshall, parece não ter o mesmo talento ou visão quando escolhe seus projetos de direção. A conclusão parece clara quando olhamos para sua filmografia: ex-sócio de Steven Spielberg, produziu filmes como O Sexto Sentido e Supremacia Bourne, tal como foi um dos responsáveis pelo clássico Histórias Maravilhosas na TV.

No entanto, quando se trata de direção, a história muda completamente. Com escolhas erradas, seu único real sucesso foi Aracnofobia (1990), descambando para uma série de produções intoleráveis, como Vivos (1993) e Congo (95). Agora apresenta Resgate Abaixo de Zero, com os mesmos erros de seus filmes predecessores, principalmente quando se fala em condução do elenco.

Este trabalho se baseia em um dramático episódio supostamente real ocorrido na Antártida. Um grupo de pesquisadores se vê obrigado a abandonar os cães de trenós (Huskies Siberianos e Alaskan Malamutes) no rigoroso inverno polar, amarrados, sem abrigo e sem alimento. Assim, o filme conta duas histórias: o que possivelmente ocorreu com os tais cães e as tentativas desesperadas de seu treinador (Paul Walker) para resgatá-los.

O problema aqui é simples. Embora os cachorros sejam quase hipnóticos em suas aventuras na neve, o elenco humano vai mal. Críticos de cinema dados a deboche chegaram a dizer que Paul Walker não pode ser considerado um mau ator, pois pensar isso implica em acreditar que ele está tentando atuar. Mas a culpa não é do rapaz. O roteiro irregular e a frouxa mão de Marshall fazem o filme perder o pique e deixar toda a sua emoção por conta dos cachorros.

Nesse sentido, a produção tem um outro problema. Como não se trata de uma historinha típica da Disney, apresentando cães travessos e humanizados, não é muito aconselhável para crianças mais jovens. Afinal, é um olhar mais ou menos realista sobre o que aconteceu na época, e, mesmo para cães, parece um tanto traumatizante passar quase seis meses procurando seus donos.

Rodrigo Zavala


Comente
Comentários:
  • 30/01/2011 - 15h44 - Por Maria Clara Eu acho que os críticos deveriam parar um pouco de se acharem a cereja do sorvete de morango, pra falar a verdade eu nunca vi um crítico dizer algo vom sobre algum filme, só colocam defeitos e diminuem o ator, é terrível isso.
    Resgate abaixo de Zero é um filme lindo,que mostra o amor que pode existir entre humanos e animais, e os atores foram ótimos, mas como eu não sou "crítica" quem sou eu pra elogiar alguém.
    Foi como em Avatar, os críticos falaram mal, acharam mil defeitos, mas na verdade foi mais um enorme sucesso para James Cameron. Os críticos podiam se juntar criar, dirigir, e atuar em um filme, quem sabe assim não seria um record de elogios???
    Mas quem sou eu pra falar!!!
  • 25/04/2011 - 21h24 - Por neto venancio tah certoo.... ninguém é perfeito ..
    mas pelo menos deverima se esforçar para fazer algo que preste... porque não é necessário ser um crítico para dizer que o filme "Avatar" é ruim...
    Os efito especiais são bons.. porém o conteúdo não podemos dizer o mesmo....
  • 06/08/2012 - 13h19 - Por murilo aquilo que aconteceu com os cachorros era verdade que dois morreram com gelado ou era mentira os cachorros era treinados voce deixaram o cachorros morre no gelo .......
Deixe seu comentário:

Imagem de segurança