Eduardo e Mônica
Eduardo e MônicaDepois de "Faroeste Caboclo", "Eduardo e Mônica" ganha uma versão cinematográfica do diretor René Sampaio, com Gabriel Leone e Alice Braga como o casal que é tão diferente mas quer tanto se amar. Nos cinemas.

ENTREVISTAS

O falso documentário Cora e o retrato do Brasil num livro “inadaptável”

Radicalizando com a imagem, os diretores Gustavo Rosa de Moura e Matias Mariani levam às telas um filme-resposta ao romance Antonio, de Beatriz Bracher. Nessa entrevista, a dupla fala, entre outras coisas, sobre as escolhas por fazer um filme nada convencional e como este retrata o Brasil dos últimos anos.

NA WEB

facebook logo youtube logo instagram logo

ESTRÉIAS

Eu sou Cuba Eu sou Cuba Clássico soviético, que ficou perdido por décadas e foi reencontrado nos anos de 1990, o filme de Mikhail Kalatozov traça um painel da Revolução Cubana a partir de figuras populares, além de ser um feito técnico impressionante. Disponível na plataforma Belas Artes à la Carte.

A Lenda Do Cavaleiro Verde A Lenda Do Cavaleiro Verde Dirigida por David Lowery, essa adaptação de um famoso poema medieval inglês combina horror e fantasia e traz como protagonista Dev Patel, no papel de um cavaleiro que desafia uma criatura mítica. Um ano depois do confronto, ele deverá reencontrá-la. Para venda e aluguel na Apple TV, Google Play e Looke, e na Amazon Prime a partir do dia 21/01.


O beco do pesadelo O beco do pesadelo O diretor mexicano Guillermo del Toro faz uma nova versão da história que inspirou "O Beco das Almas Perdidas" (1947), trazendo Bradley Cooper na pele do vigarista Stan Carlisle. Ele chega a um circo e se torna um faz-tudo, até dominar os truques de um número místico e passar a correr riscos quando descoberto pela psiquiatra Lilith (Cate Blanchett). Nos cinemas.

As agentes 355 As agentes 355 Um misto de ação e espionagem comandado por um quinteto feminino de peso - Jessica Chastain, Lupita Nyong'o, Penélope Cruz, Diane Kruger e Bingbing Fan -, o filme acompanha a disputa por um perigoso artefato, capaz de comandar todos os sistemas computadorizados do mundo. Estreia nos cinemas.


Eu não choro Eu não choro Dirigido pelo estreante Piotr Domalewski, a comédia dramática tem como protagonista uma jovem polonesa rebelde (Zofia Stafiej), que nunca saiu de seu país e precisa viajar até a Irlanda para liberar o corpo do pai, que morreu num acidente de trabalho. Estreia nos cinemas.

A morte habita à noite A morte habita à noite Neste forte drama premiado em vários festivais, Roney Villela interpreta um escritor forçado a trabalhos precários para sobreviver, que mergulha na bebida e nos amores de algumas mulheres para resgatar alguma paixão na vida. No Sesc Digital, na Mostra do Cinema Paulista, até 26/1.

EM TODAS AS TELAS

A Tragédia de Macbeth A Tragédia de Macbeth Joel Coen dirige essa adaptação de Shakespeare ousada e visualmente impressionante protagonizada por Denzel Washington e Frances McDormand. Na Apple TV+.


Varda por Agnès Varda por Agnès O último filme da cineasta Agnès Varda, que morreu em março de 2019, celebra sua admirável trajetória como diretora. Disponível na plataforma Reserva Imovision.

Aqui é o Meu Lugar Aqui é o Meu Lugar Neste filme que concorreu à Palma de Ouro em 2011, Sean Penn interpreta Cheyenne, um ex-roqueiro recluso e melancólico que, ao descobrir o passado de seu pai em Auschwitz, parte em busca do homem que o humilhou. A direção é do italiano Paolo Sorrentino. Na Mubi.


Whiplash - em busca da perfeição Whiplash - em busca da perfeição No mais importante conservatório de música de Nova York, um implacável regente (J.K. Simmons) leva seu jovem baterista-prodígio (Miles Teller) ao limite com sua violência psicológica. Na Starzplay.

King Richard: Criando Campeãs King Richard: Criando Campeãs Will Smith, numa interpretação cotada para o Oscar, é Richard Williams, o homem que fez de suas filhas, Venus e Serena Williams, duas das maiores estrelas do tênis mundial. Na HBO Max.


VEM AI

Madres Paralelas Madres Paralelas No novo filme de Almodóvar, o destino de duas mulheres é unido após darem à luz no mesmo dia, e na mesma maternidade. O longa, que rendeu a Penélope Cruz o prêmio de atriz no Festival de Veneza, chega aos cinemas brasileiros em 03 de fevereiro, e na Netflix, duas semanas depois.

Financiamento Coletivo Cineweb - Participe!

Newsletter Cineweb



Ranking dos Leitores