Notícias

Festival É Tudo Verdade anuncia segunda etapa de sua edição 2020

Publicado em 09/09/20 às 17h56

Foi anunciada nesta quarta (9-9) a programação da segunda etapa do 25o Festival É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários, que inclui as mostras competitivas nacionais e internacionais de curtas e longas-metragens, mostras paralelas e algumas exibições especiais, em realização online, com horários definidos e necessidade de cadastro prévio nas plataformas do festival. 
 
Completando a primeira etapa do festival, que incluiu a exibição de 30 títulos online, o festival dará início à segunda fase na quarta (23-9), com a exibição do documentário “ A Cordilheira dos Sonhos”, de Patrizio Guzman, um dos vencedores do troféu Olho de Ouro de Melhor Documentário no Festival de Cannes no ano passado. O filme será exibido em sessão especial para convidados no Drive-in Belas Artes, em São Paulo, dia 23 de setembro. No mesmo dia, às 20:30, o filme será exibido também via streaming, dentro da programação online do festival.
 
No Chile, quando o Sol nasce, escala muros, colinas e cumes até atingir a última rocha no topo dos Andes. A cordilheira está em todo lugar, mas, para os chilenos, é muitas vezes um território desconhecido. Depois de explorar o norte e o sul do país em outros documentários, o diretor Patricio Guzmán se viu tentado a filmar essa imensa construção para explorar seus mistérios, poderosos segredos do passado e do presente chilenos.
 
Guzmán encerra a trilogia formada ainda por “Nostalgia da Luz” (2012) e “O Botão de Pérola” (2015) num ensaio entre o memorialístico e o político sobre os avanços sociais do governo Allende (1970-1973), a repressão brutal da ditadura Pinochet (1973-1990) e a dura herança atual da política econômica desenvolvida no período autoritário.

Novidades

Nesta edição comemorativa dos 25 anos do festival, haverá, pela primeira vez, um filme de encerramento, a ser divulgado proximamente, no dia 4 de outubro. O filme será exibido após a cerimônia de premiação desta edição. 
Além disso, retorna neste ano a Conferência Internacional do Documentário, nos dias 23 e 24 de setembro, trazendo dia 23 uma masterclass do premiado documentarista irlandês Mark Cousins - de quem se exibiu, na primeira parte do festival, a série “Women Make Film”, sobre a notável contribuição de inúmeras cineastas para o desenvolvimento da arte do cinema. A Conferência será oferecida na plataforma do Itaú Cultural, sem necessidade de cadastro. 

Desafios do hibridismo

Na coletiva, via Zoom, o fundador e diretor do festival, Amir Labaki, o diretor do Itaú Cultural, Eduardo Saron, e o gerente-adjunto do Sesc 24 de Maio, Thiago Freire, destacaram a necessidade de festivais e instituições culturais continuarem desenvolvendo formas de conviver com o hibridismo de formatos, combinando sessões online com possíveis sessões presenciais, da forma possível mediante os protocolos sanitários.
Saron acredita que muitas experiências estão sendo acumuladas neste período de pandemia e que, se por um lado a impossibilidade de eventos presenciais acarreta problemas, os meios virtuais criam outras possibilidades - inclusive o acesso de um maior número de pessoas aos eventos por essa via. 
Ainda assim, Labaki destacou que “não se pode perder a perspectiva do encontro, por isso falamos em hibridismo”. 
No caso do É Tudo Verdade este ano, as sessões online serão acessíveis mediante cadastro gratuito, nas plataformas do festival, com limites de 1000 pessoas simultaneamente por sessão de filmes internacionais e 1500 pessoas para sessão nacional. 

Abaixo, os longas selecionados para as mostras competitivas:

FILMES EM COMPETIÇÃO
 
LONGAS E MÉDIAS-METRAGENS BRASILEIROS
 
Dez longas-metragens brasileiros em competição serão exibidos on-line ao público da 25ª edição do É Tudo Verdade, em sessões diárias, às 21h. Os links das exibições estarão disponíveis no website www.etudoverdade.com.br.
 
Sempre às 17h do dia seguinte de cada estreia em streaming, os diretores dos longas-metragens participarão de um debate virtual, na plataforma online do festival.
 
São eles:
 
Atravessa a Vida
Direção: João Jardim. Brasil, 82'
Idioma: português ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Ao acompanhar alunos do 3º ano do ensino médio de escolas públicas no interior de Sergipe que se preparam para a prova que pode determinar o resto de suas vidas, o documentário retrata as angústias e os prazeres da adolescência por meio de seus gestos, inquietações e conquistas.
 
Boa Noite
Direção: Clarice Saliby. Brasil, 73'
Idioma: português ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Aos 91 anos, Cid Moreira abre as portas de casa e de seu inconsciente, revelando facetas surpreendentes do homem que entrou nos lares de milhões de brasileiros todas as noites, por quase 30 anos. A voz mais famosa do Brasil narra a própria história, desconstruindo sua imagem mítica e conduzindo o espectador por um labirinto de memórias. Lembranças e imagens de arquivo traçam um panorama de sua vida, que se confunde com a história da televisão brasileira.
 
Fico te Devendo uma Carta sobre o Brasil
Direção: Carol Benjamin. Brasil, 88'
Idiomas: português/ inglês ? Classificação indicativa: 14 anos
 
Sinopse: Três gerações de uma família atravessada pela Ditadura Militar brasileira (1964-1985). Ao mergulhar em uma história pessoal e entrelaçá-la com a história do país, entre passado e presente, o filme investiga a persistência do silêncio como uma ferramenta de apagamento da memória.
 
Jair Rodrigues - Deixa que Digam
Direção: Rubens Rewald. Brasil, 96'
Idioma: português ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Jair Rodrigues, o retrato de um artista e de um Brasil tão próximo e tão distante.
 
Libelu - Abaixo a Ditadura
Direção: Diógenes Muniz. Brasil, 95'
Idioma: português ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Liberdade e Luta foi uma tendência estudantil universitária surgida em 1976. Impulsionado por uma organização clandestina, o grupo ganhou fama por ser o primeiro a retomar o mote ?abaixo a ditadura? enquanto o AI-5 ainda vigia. Seus integrantes eram famosos pela irreverência, abertura cultural e combatividade. Libelu, depois, virou adjetivo, sinônimo de radicalidade e (para adversários) inconsequência. Quatro décadas depois, onde estão e o que pensam os jovens trotskistas que foram às ruas contra os generais?
 
Meu Querido Supermercado 
Direção: Tali Yankelevich. Brasil, 80'
Idioma: português ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Enquanto executam atividades extremamente repetitivas, os funcionários de um supermercado encontram espaço para expressar suas dúvidas, afetos, medos e sonhos improváveis. Humor, drama, mistério, romance e física quântica convivem com caixas de leite, cortes de carne, códigos de barra e câmeras de segurança. No espaço confinado da loja, os funcionários não permitem que a rotina aprisione suas imanências e sua imaginação.
 
Não Nasci para Deixar meus Olhos Perderem Tempo
Direção: Claudio Moraes. Brasil, 72'
Idioma: português ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: O ocaso da carreira do compositor Zé Keti. O triste retrato do plenário do Congresso Nacional fechado em 1977. A dor de uma mãe que perdeu a filha de 15 anos atropelada. Os presidentes do Brasil, desde Castelo Branco. São personagens e cenários registrados pelo olhar aguçado e sensível do fotógrafo Orlando Brito ao longo de 50 anos de profissão. Dos bastidores da política aos brasileiros do interior do país, Brito relembra experiências, fala sobre o papel do fotógrafo e a dor de registrar a dor de alguém.
 
Os Quatro Paralamas
Direção: Roberto Berliner, Paschoal Samora. Brasil, 99'
Idioma: português ? Classificação indicativa: 12 anos
 
Sinopse: Dirigido por Roberto Berliner, que acompanha a banda desde o início no Circo Voador, em 1983, este filme sobre música e amizade fala da relação dos três que sobem ao palco (Herbert, Bi e João), mas também de um quarto elemento, que aparece pouco na mídia, mas tem papel fundamental: José Fortes, o empresário. Em um papo na sala da casa de Bi Ribeiro, os quatro lembram a carreira, falam sobre sua amizade inabalável e tocam músicas que fazem parte dessa trajetória de quase 40 anos.
 
A Ponte de Bambu 
Direção: Marcelo Machado. Brasil, 77'
Idiomas: português, inglês, chinês ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Uma incógnita a olhos ocidentais, a China é um gigante que se impõe pelas barreiras do idioma, dos costumes e da história. Com testemunhos e imagens de valor histórico e sentimental, o jornalista Jayme Martins e sua família levam a uma compreensão da China por vias inéditas ao relatar sua experiência no país: o comunismo, a Revolução Cultural de Mao, o massacre da praça da Paz Celestial e as reformas que culminaram em uma superpotência. O diretor Marcelo Machado mergulha nessas memórias e visita o país, onde igualmente guarda conexões afetivas.
 
Segredos do Putumayo
Direção: Aurélio Michiles. Brasil, 83'
Idioma: português ? Classificação indicativa: 14 anos
 
Sinopse: Documentário sobre aquele que é considerado hoje o pai dos inquéritos sobre a violação de direitos humanos, Roger Casement (1864-1916). As ações de quando ele esteve na África, no Brasil e na sua Irlanda nativa ainda repercutem em nossos dias.
 
 
FILMES EM COMPETIÇÃO

LONGAS E MÉDIAS-METRAGENS INTERNACIONAIS
 
Doze longas-metragens internacionais em competição serão exibidos on-line ao público da 25ª edição do É Tudo Verdade, em sessões diárias, às 18h.
 
1982
Direção: Lucas Gallo. Argentina, 91'
Idioma: espanhol ? Classificação indicativa: 10 anos
 
Sinopse: Quase que inteiramente baseado em trechos do programa de TV 60 Minutos, o filme revê a campanha midiática que dominou os 74 dias da guerra declarada pela ditadura argentina contra os britânicos pelo controle das Ilhas Falkland. Ao mostrar cenas como âncoras pedindo doações para a compra de armas, 1982 desnuda o poder da mídia de canalizar opiniões e, ao colocar o espectador no lugar de um argentino da época, ajuda a compreender como precisamos de mentiras em nome da esperança.
 
Cidade dos Sonhos (City Dream - Cheng Shi Meng)
Direção: Weijun Chen, China, 102'
Idioma: chinês ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Um vívido, e muitas vezes cômico, retrato de um vendedor de rua idoso, tenaz e turrão em uma contenda com funcionários públicos de Wuhan, maior cidade da região central da China.
 
Colectiv (Collective)
Direção: Alexander Nanau. Romênia/Luxemburgo, 109'
Idioma: romeno ? Classificação indicativa: 14 anos
 
Sinopse: Em 2015, um incêndio na boate Colectiv, em Bucareste, matou 27 pessoas e feriu 180. Mais tarde, outras vítimas morreram nos hospitais. Quando um médico vaza informações, um grupo de jornalistas começa a revelar uma imensa fraude no sistema de saúde. Um novo ministro é nomeado e oferece a eles acesso sem precedentes aos bastidores de seus esforços para reformar um sistema corrupto. Um olhar firme sobre o impacto do melhor do jornalismo investigativo.
 
O Espião (The Mole Agent)
Direção: Maite Alberdi. Chile/ EUA/ Alemanha/ Holanda/ Espanha, 90'
Idioma: espanhol ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Sergio é um espião chileno. Ou quase isso: ele é convidado a interpretar um depois de audições realizadas por um detetive particular que precisa se infiltrar em um asilo onde um residente possivelmente está sofrendo maus-tratos. Mas, aos 83 e sem ser nenhum 007, Sergio não é exatamente habilidoso com novas tecnologias e técnicas de espionagem. Uma fina combinação de documentário e filme de espião, esta é uma reflexão particular sobre compaixão e solidão.
 
Ficção Privada (Private Fiction - Ficción Privada)
Direção: Andrés Di Tella. Argentina, 85'
Idioma: espanhol ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Por vários dias e noites, um rapaz e uma moça leem as correspondências trocadas por Torcuato e Kamala (ele, argentino, ela, indiana), os pais do diretor. As cartas, escritas ao longo de décadas, entre os anos 1950 e 1970, relembram suas viagens e falam de amor e idealismo, mas também de dores e sonhos desfeitos. Uma aventura íntima do século 20.
 
Forman vs. Forman (Forman vs. Forman)
Direção: Helena T???tíková e Jakub Hejna. República Tcheca/ França, 78'
Idiomas: tcheco, inglês, francês ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Um revelador documentário sobre o mais famoso cineasta tcheco, Milos Forman, duas vezes ganhador do Oscar. Por meio de um valioso tesouro de imagens de arquivo, o filme ajuda a entender como Forman superou sistemas (do nazismo e o comunismo até Hollywood) de forma a moldar seu cinema de resistência. Um tributo sincero e comovente que mostra um artista sempre em meio à luta política e de criação.
 
Golpe 53 (Coup 53)
Direção: Taghi Amirani. Reino Unido/ Irã/ EUA, 119'
Idiomas: inglês, persa, italiano e francês ? Classificação indicativa: 14 anos
 
Sinopse: Ao fazer um documentário sobre o golpe anglo-americano no Irã em 1953, o diretor Taghi Amirani e o editor Walter Murch descobriram um arquivo extraordinário e inédito. Documentos e filmagens em 16 mm recontam essa história em detalhes sem precedentes, com revelações explosivas de segredos escondidos por 66 anos. De um documentário histórico sobre quatro dias em agosto de 1953, o filme se torna uma investigação viva a expor as raízes das relações voláteis do Irã com o Reino Unido e os EUA.
 
Influência (Influence)
Direção: Richard Poplak e Diana Neille. África do Sul/ Canadá, 105'
Idiomas: inglês e espanhol ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: Uma análise da expansão recente do universo da desinformação por meio de uma investigação exclusiva sobre a ascensão e queda de uma das maiores empresas de relações-públicas e e-reputação, a multinacional britânica Bell Pottinger.
 
Pão Amargo (Bitter Bread)
Direção: Abbas Fahdel. Líbano, 87'
Idioma: árabe ? Classificação indicativa: 10 anos
 
Sinopse: Crônicas da rotina de um campo de refugiados sírios no Líbano.
 
O Rei Nu (The Naked King - Der Nackte König ? 18 Fragmente Über Revolution)
Direção: Andreas Hoessli. Alemanha/ Polônia/ Suíça, 108'
Idiomas: polonês, persa, inglês, alemão ? Classificação indicativa: livre
 
Sinopse: 1979, revolução no Irã. 1980, revolução na Polônia. A queda do xá, o rei dos reis, no Irã. Greves gerais e o movimento Solidarnosc na Polônia. O que passou pelas mentes daqueles garotos e garotas naqueles momentos? E o que aconteceu com eles quando as revoluções passaram ou, no caso iraniano, depois que uma elite religiosa e autoritária chegou ao poder?
 
O Rolo Proibido (The Forbidden Reel)
Direção: Ariel Nasr. Canadá, 119'
Idioma: inglês ? Classificação indicativa: 10 anos
 
Sinopse: De alguma forma motivados a criar em meio à guerra e ao caos, cineastas afegãos fizeram nascer um extraordinário estilo nacional de cinema. Motivados a destruir, extremistas do Taliban se puseram a queimar esse legado. Admirado pela beleza e pelo frágil poder dos filmes, o diretor afegão-canadense Ariel Nasr constrói uma visão emocionante e original do Afeganistão moderno.
 
Silêncio de Rádio (Radio Silence)
Direção: Juliana Fanjul. Suíça/ México, 80'
Idioma: espanhol ? Classificação indicativa: 16 anos
 
Sinopse: Março de 2015. Devido à pressão política e a falsas pretensões, a principal voz do jornalismo independente mexicano, Carmen Aristegui, acaba demitida, junto com sua equipe, da rádio MVS. No dia seguinte, mais de 200 mil pessoas organizam um ato e assinam uma petição em favor de sua volta e pedindo o fim da censura. Apesar da imensa mobilização, a emissora não cede.

Informações sobre os curta-metragens e as demais mostras podem ser obtidas no site do festival.

SERVIÇO
 
É TUDO VERDADE ? FESTIVAL INTERNACIONAL DE DOCUMENTÁRIOS / 25ª EDIÇÃO
 
 De 23 de setembro a 4 de outubro
 
Sessão de abertura para convidados: “A Cordilheira dos Sonhos”
23 de setembro - Drive-in Belas Artes - 21h
 
Exibições Filmes em Competição e hors-concours: www.etudoverdade.com.br / www.itsalltrue.com.br
 
Debates com diretores - longas brasileiros em competição - De 24/9 a 4/10, às 17h www.etudoverdade.com.br / www.itsalltrue.com.br
 
Sessões Especiais/ O Estado das Coisas/ Foco Latino-Americano - www.etudoverdade.com.br / www.itsalltrue.com.br
 
É Tudo Verdade 25 - https://www.itaucultural.org.br/
 
17ª Conferência Internacional Do Documentário - https://www.itaucultural.org.br/
 
Seminários CPF - https://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/
 
Ciclo SESC - https://sesc.digital/colecao/42876/cinema-emcasacomsesc  
 
Master Class Spcine - Amir Labaki - https://www.spcineplay.com.br/

Outras notícias