Notícias

Festival Latinidades promove conversas, shows e outras atividades para mulheres negras

Publicado em 24/07/20 às 11h03

Neste final de semana, acontece o Festival Latinidades, o maior festival de mulheres negras da América Latina. No sábado (25-7), ocorre o lançamento do aplicativo Negras Plurais, às 14h, com o objetivo de auxiliar a mulher negra empreendedora; No domingo (26-7), a Converse, apoiadora do evento, apresenta: o "Criar juntos novas narrativas negras na internet para o futuro", um bate-papo com influenciadores e apresentadoras negras.

Os shows do final de semana, ficam por conta de: Anna Suav (PA) 20h30 - Converse apresenta: MC Soffia e Rosa Luz , no sábado dia 24, e 21h - Banda Panteras Negras (BA) no dia 25.

Além disso, nos dois dias, o Grupo Editorial Pretaria BlackBooks e Aflorarte Produções realizam o espaço infantil: Pretinhosidade, voltado ao público infantil.

Abaixo, a programação e os detalhes de acesso:


25 de julho, sábado


10h - Espaço Infantil: Pretinhosidade - É uma programação virtual gestada para crianças em tempos de pandemia, realizada pelo Grupo Editorial Pretaria BlackBooks e Aflorarte Produções. O principal objetivo é levar arte, cultura, diversão e literatura de autoria negra para as casas das famílias brasileiras. Encontro com a Mafalda Pequenino, atriz e apresentadora do Quintal da Cultura. A apresentadora conta a história "O Mar que banha a Ilha de Goré" de Kiusam de Oliveira, o caminho inverso das viagens empreendidas pelos africanos escravizados, a partir do século XVI.
 
Onde acessar: Canal Pretariablackids , no instagram


10h - Espaço Bem Viver com Bolanile Olatunji, Nigéria - Bolanile é Coach de Saúde em Nutrição Integrativa certificada, artista de culinária alcalina e curadora holística - de Etnia iorubá porém nascida Americana - Ela iniciou sua jornada saudável e holística em Nova York em 2009, quando começou a praticar Yoga e 6 anos depois Meditação Transcendental.


10h - Meditação Curativa de Obatalá - (Deus da criação Yorubá)


11h - Vivência em Yoga Africana

Onde acessar: Canal Afrolatinas, no Youtube


13h - Samba de Dona Dalva (BA) - Dona Dalva Damiana de Freitas, 92 anos, mais conhecida como a "Doutora do Samba", é cantora, compositora e sambista da cidade de Cachoeira, além de integrante da Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte. Uma lenda vivíssima, nossa homenageada, que vai nos presentear com uma apresentação que envolve três gerações de sua poderosa família, diretamente do Recôncavo Baiano.
 
Onde acessar: Canal Afrolatinas , no Youtube


14h - Lançamento do aplicativo Negras Plurais - esse aplicativo tem como objetivo de dar "match" entre as empreendedoras negras, entre a vendedora e o comprador final. Uma iniciativa de luta para emancipação do povo negro através da economia, seja também prioridade da luta antirracista. O Negras Plurais surgiu depois da percepção de diversas mulheres negras, que estão em necessidade. A maioria delas são trabalhadoras informais do Brasil e que, com a pandemia ficaram sem trabalho. Muitas delas estão produzindo serviços e produtos que ficaram estocados, sem possibilidade de vendas.Abertura com Pocket Show com Bia Ferreira (@igrejalesbiteriana), Mineira, cantora e compositora, Bia Ferreira conquistou o Brasil com a canção "Cota Não é Esmola", canto de resistência antirracista.
 
Onde acessar: Canal Afrolatinas, no Youtube


15h - Mesa: Sonhos Latino-caribenhos: Mulheres em movimento, Amefricanidades e Feminismos insurgentes - parte 1. Será um espaço para falar da potência negra, diversidade e utopias para a construção de uma sociedade equânime. Serão muitas leituras e propostas para contrapor este modelo de sociedade fracassado, criado pelo homem branco. O debate com a mediação da Marielle Ramirez, tem como convidada Shirley Campbel Bar (Costa Rica), Leila Borari, Dríade Aguiar, Dandara Black Power e Odaymar Kruda.
 
Onde acessar: Canal Afrolatinas, no Youtube


17h Mesa: Sonhos Latino-caribenhos: Mulheres em movimento, Amefricanidades e Feminismos insurgentes - parte 2 . Será um espaço para falar da potência negra, diversidade e utopias para a construção de uma sociedade equânime. Serão muitas leituras e propostas para contrapor este modelo de sociedade fracassado, criado pelo homem branco. Com a mediação da Bruna Pereira, as convidadas Katiúscia Ribeiro, Carla Akotirene, Ana Flor, Winnie Bueno e Tatiu Heron, Joice Berth; compõe a mesa.
 
Onde acessar: Canal Afrolatinas, no Youtube


19h - Shows
19h - Krudas (Cuba)

19h30 - Suraras do Tapajos (PA)

20h - Haynna e os Verdes (DF)
20h30 - Anna Suav (PA)
21h - Preta Ferreira (SP)
21h30 - Bixarte (PB)
22h - Brisa Flow (SP)
22h30 - Converse Apresenta: Mc Soffia & Rosa Luz
23h - Enme Paixão (MA)
23h30 - Dj Tamy (RJ)

Onde acessar: Canal Afrolatinas, no Youtube


26 de julho, domingo


10h - Espaço Infantil: Pretinhosidade - É uma programação virtual gestada para crianças em tempos de pandemia, realizada pelo Grupo Editorial Pretaria BlackBooks e Aflorarte Produções. O principal objetivo é levar arte, cultura, diversão e literatura de autoria negra para as casas das famílias brasileiras. Oficina: Leitura do Livro Tainá, das escritoras Ayana e Cristiane Sobral. É a história da menina Tainá vive feliz em um país tão pequeno quanto um estádio de futebol onde estão plantadas algumas das flores mais lindas do planeta, mas a humanidade em crise enfrenta momentos de devastação.Lançado em 2018 com Ilustrações de Maria e Direção de Arte Ricardo Caldeira.

Onde acessar: Canal Pretariablackids, no instagram


10h - Mesa: "Sem folha não tem sonho" - A presidenta do Centro Cultural Pequena África e co-fundadora da Lavagem do Cais do Valongo, Mãe Celina de Xangô é Yalorixá e a líder Tupi Guarani, Dona Catarina participam da mesa com um debate sobre a cura do corpo e da mente por meio das ervas é um legado ancestral, deixado pelos antepassados. Além das duas, participam da mesa: Kamuu Dan Wapichana (Roraima) e Pajé Macuxi (Vanda Domingos).

Onde acessar: Canal Afrolatinas, no Youtube


14h - Espaço Infantil: Pretinhosidade - É uma programação virtual gestada para crianças em tempos de pandemia, realizada pelo Grupo Editorial Pretaria BlackBooks e Aflorarte Produções. O principal objetivo é levar arte, cultura, diversão e literatura de autoria negra para as casas das famílias brasileiras.Oficina:Leitura Coletiva com Pretinhas Leitoras, com a educadora Elen Ferreira Eduarda, Helena e Elisa Ferreira são irmãs, estudantes e apresentadoras do Canal Pretinhas Leitoras. A iniciativa objetiva a construção de uma sociedade justa, que garanta o acesso à educação e cultura do povo negro e resgata esses saberes através da literatura negra. Eduarda e Helena são gêmeas e têm 11 anos. Elisa é a mais nova do time e tem 6 anos. Equipe Pedagógica e Técnica: Elen Ferreira - Produção: Cintia Sant’Anna.
 
Onde acessar: Canal Pretariablackids, no instagram


14h - CONVERSE apresenta: "Criar juntos novas narrativas negras na internet para o futuro". Será um bate-papo entre Bielo Pereira (Bigênero, Preta, Gorda e apresentadora do programa "Coisa Boa Pra Você", no GNT), Xan Ravelli (mãe de duas crianças, casada, apresenta em seu conteúdo seu lifestyle, e o dia a dia com sua família perfeita. Ela é personificação da família negra brasileira) e Lorrayne Carolyne (uma influenciadora digital com foco em conteúdo de moda, beleza negra e lifestyle. Lorrayne é portadora da doença dos ossos de vidro, e ama Converse). Sarah Evelin será mediadora da mesa. Sarah atualmente trabalha como digital PR e criou o perfil @pretxsnamoda com conteúdos sobre tendência, cursos, marcas, faculdades, profissões e tudo o que rola sobre o mercado no brasil e no mundo.
 
Onde acessar: Canal Afrolatinas, no Youtube


16h - Oficina: Bailando com as Mãos, com Eurides Nascimento (BA). Você já pensou em aprender a Língua Brasileira de Sinais (Libras) a partir das suas músicas e poesias preferidas? A Empresária Eurides Nascimento, CEO no Instituto Libras Mais Cultura Integração e Acessibilidade, criou essa metodologia, com o objetivo de promover socialização entre pessoas surdas e ouvintes. Eurides usa em seu repertório da oficina música para todos os gostos, como "Me deu Onda" - MC G15, "Tô ouvindo alguém me chamar", Racionais MC’s, "Você partiu me coração" - Nêgo do Borel, "Preta de quebrada" - Flora Matos.
 
Onde acessar: Canal Afrolatinas, no Youtube


17h - Mesa: Maconha e maternidade - um papo reto e afetuoso entre ela e Kamila Jacoub, do coletivo Mulheres Canábicas, sobre maconha e maternidade. Um tema não poderia ficar fora das nossas utopias.
 
Onde acessar: Canal Afrolatinas, no Youtube


20h - Apresentações Artísticas


20h - Duo Pretas (SP)


20h30 - Orquestra Funmilayo Afrobeat (SP)


21h - Banda Panteras Negras (BA)
 
Onde acessar: Canal Afrolatinas, no Youtube


Outras notícias