Notícias

Cine Ceará divulga longas selecionados para competição ibero-americana

Publicado em 24/07/19 às 14h58

Sete filmes inéditos no Brasil, entre os quais dois brasileiros em première mundial, vão compor a Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem do 29º Cine Ceará, que acontece de 30 de agosto a 6 de setembro em Fortaleza. Cinco dos filmes chegam com passagens bem-sucedidas por alguns dos mais importantes festivais do mundo, como Cannes, Berlim, Toronto e Roterdã. Dos sete escolhidos, cinco são ficções e dois documentários. Além disso, quatro deles foram dirigidos por mulheres. 
 
O documentário “Vozes da Floresta”, da carioca Betse de Paula, e “Notícias do fim do mundo”, do cearense Rosemberg Cariry, são os dois longas que terão estreia mundial no Cine Ceará. Do Brasil, também estão na Mostra as produções “Greta”, primeiro longa-metragem do cearense Armando Praça, que teve sua estreia em fevereiro na mostra Panorama do Festival de Berlim, e o documentário “Ressaca”, com direção de Patrizia Landi e Vincent Rimbaux, exibido pela primeira vez em janeiro deste ano na principal mostra do FIPADOC, Festival Internacional de Documentários realizado em Biarritz, na França.
 
Completam a mostra o peruano “Canção sem nome”, de Melina León, que estreou no Festival de Cannes, o cubano “A viagem extraordinária de Celeste García”, de Arturo Infante, que teve estreia no Festival de Toronto, e “Luciérnagas”, do México, com direção de Bani Khoshnoudi, exibido pela primeira vez no Festival de Roterdã.
 
O crítico de cinema e cineasta Eduardo Valente integrou a curadoria da Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem desta edição, com Margarita Hernández e a colaboração de Wolney Oliveira. Eduardo Valente já trabalhou para vários festivais de cinema no Brasil e no exterior, tendo sido diretor artístico do Festival de Brasília entre 2016 e 2018. Desde 2017, é o delegado no Brasil para o Festival de Berlim. Como realizador ganhou, entre outros prêmios, o de Melhor Curta e Melhor Diretor de Curtas no Cine Ceará e o primeiro prêmio no Festival de Cannes na Mostra Cinéfondation, em 2002 com o filme “Um Sol Alaranjado”.
 
O 29º Cine Ceará é uma promoção da Universidade Federal do Ceará, através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado do Ceará por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC), Secretaria Estadual da Cultura, e da Prefeitura de Fortaleza através da Secultfor. Conta com patrocínio de empresas públicas e privadas, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, através da SP Combustíveis, M. Dias Branco, Café Santa Clara e Cegás. Agradecimentos: Enel.  A realização é da Associação Cultural Cine Ceará, Bucanero Filmes e da Secretaria Especial da Cultura – Governo Federal.
 
OS LONGAS DA COMPETITIVA IBERO-AMERICANA
 
El viaje extraordinario de Celeste García / A viagem extraordinária de Celeste García. Dir. Arturo Infante. Ficção. 2018. 92min. CUBA.
Canción Sin Nombre / Canção sem nome. Dir. Melina León. Ficção. 2019. 97min. PERU.
Greta. Dir. Armando Praça. Ficção. 2019. 96min. BRASIL. 
Luciérnagas. Dir. Bani Khoshnoudi. Ficção. 2018. 85min. MÉXICO.
Notícias do fim do mundo. Dir. Rosemberg Cariry. Ficção. 2019. 70min. BRASIL.
Ressaca. Dir. Patrizia Landi e Vincent Rimbaux. Documentário. 2018. 86min. BRASIL.
Vozes da Floresta. Dir. Betse de Paula. Documentário. 2019. 95min. BRASIL. 
 
 
 
 
SERVIÇO
 

29° Cine Ceará - Festival Ibero-americano de Cinema - De 30 de agosto a 06 de setembro de 2019 em Fortaleza. Informações:www.cineceara.com. E-mail: contatos@cineceara.com. Tel: (85)3055-3465 e 99134-1101. Toda a programação tem acesso gratuito.


Outras notícias