Notícias

Anima Mundi divulga programação da 27a. edição

Publicado em 09/07/19 às 11h34

O Anima Mundi, um dos maiores festivais de animação do mundo, chega a sua 27ª edição, de 17 a 21 de julho no Rio de Janeiro, e de 24 a 28 de julho, em São Paulo, Na programação, mais de 300 filmes de mais de 40 países, incluindo mais de 80 produções ou coproduções do Brasil, mostrando o vigor e a criatividade do mercado de animação no país.
 
Nesta edição do Anima Mundi, 186 filmes participam das mostras competitivas: Curtas (79 filmes), Curtas-metragens documentário (6), Curtas infantis (33), Galeria (19 filmes experimentais), Portfólio (26 filmes publicitários ou feitos sob encomenda) Longa- metragem (4), Longa-metragem infantil (4) e Realidade virtual (15). Os filmes trazem a infinidade de técnicas que compõem o universo da animação e discutem desde questões existenciais – como o amor e a morte; sociais – como a violência, o racismo, o abuso infantil – e contemporâneas, como a conectividade e questões de gênero.
 
116 filmes serão distribuídos entre as mostras não competitivas: Panorama Internacional (27 curtas internacionais que apresentam diversas tendências dentro da animação), Animação em Curso (36 trabalhos finais das melhores escolas de animação do mundo), Olho Neles! (24 curtas nacionais que merecem atenção) e Futuro Animador (29 filmes que utilizam as linguagens da animação para experiências educativas).
 
Na programação infantil, curtas e longas vão discutir a superação dos medos, a importância de se fazer escolhas e ser você mesmo, desenvolvimento sexual, amizade e poluição. Oficinas de massinha e zootrópio também fazem parte da programação, além da exibição especial de "Playmobil - O Filme", de Lino DiSalvo, que já trabalhou em animações de sucesso como “Frozen - Uma Aventura Congelante” e “Enrolados”. Exibido em Annecy, maior festival de animação do mundo, o longa leva pela primeira vez para as telonas o universo dos famosos bonecos.
 
A programação inclui ainda as oficinas do Estúdio Aberto e o Papo Animado, que este ano conta com a presença de Fernando Miller, diretor de "Calango Lengo - Morte e Vida Sem Ver Água" e "Furico e Fiofó", que se inspira no universo Tom e Jerry e animações da década de 1920. Quem tiver um projeto de animação original poderá participar de um laboratório intensivo de séries e concorrer a uma consultoria da Boutique Filmes. Já o Anima Forum, que esse ano será sediado em São Paulo, apresenta uma programação voltada ao fomento, profissionalização e internacionalização do mercado de animação. O festival contará também com os paineis Séries brasileiras e animação infantil e infanto- juvenil nas plataformas digitais, A formação de um animador no Brasil, Educação e animação, Festivais de Cinema como agentes estruturantes de mercado e Acessibilidade no audiovisual. Mais detalhes dessas programações serão divulgados em breve.
 
Parceiros
 
Em 2019, a união do setor por meio dos canais de exibição de animação, estúdios, produtoras, instituições de ensino e animadores independentes foi um grande diferencial para a realização do festival. “Depois da perda de importantes patrocínios, parceiros como Cartoon Network, Gloob, Band,  TV Escola, Birdo, Copa Estúdio, Paris Filmes, 2dLab, Turma da Mônica, TV Pinguim, Combo, Split e Boutique Filmes apresentarão conteúdos inéditos no Festival. As instituições culturais, como Itaú Cultural e Centro Cultural Banco do Brasil, que irão receber o Festival, foram fundamentais para levantarmos nossa produção. Com certeza, sem esse movimento não estaríamos celebrando a 27ª edição do Anima Mundi”, explica Fernanda Cintra, diretora executiva do Festival.
 
Anima Mundi em números
 
A última edição do Anima Mundi, em 2018, movimentou R$ 26,8 milhões e gerou R$ 2,6 milhões em impostos, tendo público estimado de 50 mil pessoas. Desde a criação, exibiu mais de 10 mil filmes de animação do mundo inteiro a preços populares, entre longas e curtas-metragens, além de promover oficinas abertas e gratuitas, debates, exposições, entre outras atividades.
 
 
No Oscar
 
Desde 2012, o Anima Mundi é qualificado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA, assim, o curta-metragem vencedor do Grande Prêmio Anima Mundi é elegível a participar das seleções para a disputa do Oscar®. Neste ano, “Animal Behaviour”, de David Fine, ganhador do Grande Prêmio de 2018, concorreu ao Oscar de melhor curta-metragem de animação.
 
Serviço:
 
27º Anima Mundi
 
Rio de Janeiro: 17 a 21 de julho, no Centro Cultural Banco do Brasil (R. Primeiro de Março, 66 - Centro) e Estação Net Botafogo (R. Voluntários da Pátria, 88 - Botafogo)
 
São Paulo: 24 a 28 de julho, no Itaú Cultural (Av. Paulista, 149 - Bela Vista), Petra Belas Artes (R. da Consolação, 2423 - Consolação), IMS Paulista (Av. Paulista, 2424 - Consolação) e Auditório Ibirapuera (Av. Pedro Álvares Cabral - Vila Mariana).
 
Há atividades gratuitas e outras pagas com ingressos entre R$ 10 e R$ 18. A seleção de filmes e a programação completa estão disponíveis no site do festival.
Mais informações: www.animamundi.com.br


Outras notícias