Notícias

Divulgado primeiro trailer do brasileiro Bacurau, que compete em Cannes

Publicado em 10/05/19 às 15h55

Acaba de ser divulgado o primeiro trailer de Bacurau, novo filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dorneles que fará sua estreia mundial no próximo dia 15, no Festival de Cannes, no qual concorre à Palma de Ouro.
 
Na descrição de seus diretores, “Bacurau é um filme de aventura ambientado no Brasil ‘daqui a alguns anos’”. O longa foi rodado no Sertão do Seridó, divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba, exatamente um ano atrás. As locações foram encontradas depois da equipe percorrer mais de dez mil quilômetros em Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. As filmagens duraram dois meses e três dias, com uma equipe de 150 pessoas. As cidades de Parelhas e Acari serviram de base para a produção.  
 
 
Sonia Braga, em cena de Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dorneles
 
 
Depois do sucesso internacional de Aquarius (2016), que também teve sua estreia mundial na principal mostra do Festival de Cannes 3 anos atrás, Bacurau é a segunda coprodução entre a CinemaScopio do Recife (“O Som ao Redor”, “Aquarius”) e a SBS em Paris (Elle, de Paul Verhoeven; Mapas Para as Estrelas, de David Cronenberg). O filme também é uma coprodução com a Globo Filmes, Simio Filmes, Arte France Cinema, Telecine e Canal Brasil. O lançamento nos cinemas brasileiros pela Vitrine Filmes será no segundo semestre.
 
Sonia Braga, o alemão Udo Kier (Melancolia) e Karine Teles (Que Horas Ela Volta?, Benzinho) fazem parte de um elenco composto por dezenas de atores, como Barbara Colen, Silvero Pereira, Thomas Aquino, Antonio Saboia, Rubens Santos e Lia de Itamaracá.
 
Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho colaboraram nos curtas metragens premiados no Brasil e exterior Eletrodoméstica (2005) e Recife Frio (2009), e nos longas também aclamados internacionalmente O Som ao Redor (2012) e Aquarius (2016), filmes dirigidos por Kleber e com direção de arte de Juliano. Na equipe de Bacurau a parceria estabelecida em O Som ao Redor e Aquarius também se repete na fotografia, assinada por Pedro Sotero, no som de Nicolas Hallet e na direção de arte de Thales Junqueira.
 
Produzido por Emilie Lesclaux, Said Ben Said e Michel Merkt, tem patrocínio da Petrobras, Fundo Setorial do Audiovisual, Funcultura (Governo de Pernambuco) e do CNC (Centre National de la Cinematographie, France).

Outras notícias