Notícias

Cerveja Petra assume o patrocínio do cinema Belas Artes

Publicado em 02/05/19 às 13h58

Depois de dois meses de incertezas, desde que a Caixa Econômica encerrou seu contrato de patrocínio do Belas Artes, no final de fevereiro, o diretor do cinema e ex-secretário municipal de cultura de São Paulo, André Sturm, anunciou que a marca de cerveja carioca Petra é a nova patrocinadora.
 
A princípio, o patrocínio será de 5 anos. O valor da verba – não divulgado – “é maior que o anterior e garante o pagamento do aluguel do prédio durante esse período”, explicou Sturm, numa coletiva na manhã dessa quinta (02). “Assim, mantemos nossa autonomia. Nada será modificado no Belas Artes, em relação à programação e afins. Teremos novidades nas próximas semanas, mas são coisas que vêm acrescentar. Nada será cortado”, garantiu.
 
Segundo Sturm, a cervejaria não usará nenhuma lei de incentivo, como a Rouanet, para o patrocínio. “Embora eu saiba que esse tipo de lei é fundamental para a cultura mas, nosso caso, não foi necessário”, contou o diretor.
 
Eliana Cassandri, diretora de comunicação da Petra, explica que a marca está interessada em investir em cultura, por isso procurou Sturm, depois que foi anunciado o fim do patrocínio da Caixa. “Estamos construindo a identidade da nossa marca nos aproximando do cultural. Acreditamos que o Belas Artes é um ícone não apenas para São Paulo, mas para todo o país.”
 
Ela ressalta que a marca, que é da cidade de Petrópolis, já está presente em festas populares – especialmente Carnaval e São João – e agora está expandindo. “Para a gente, esses 5 anos serão importantes para construirmos uma nova experiência no Belas Artes”. Sturm também destaca a importância do patrocínio e que possa servir de exemplo a outras empresas. "É uma marca apostando num valor cultural. E isso é importante num momento em que os setores da cultura sofrem tanto ataque", concluiu. 

Outras notícias