Notícias

Cannes Classics homenageia "Sem Destino", Lina Wertmüller, Kubrick e Buñuel

Publicado em 28/04/19 às 13h12

Uma das seções mais nobres do Festival de Cannes, o Cannes Classics, comemora este ano os 25 anos da comédia francesa Um susto na cidade e os 50 anos do cult norte-americano Sem Destino - este último, com direito a sessão especial com a presença do ator Peter Fonda.
 
Estas serão apenas duas das inúmeras atrações, sempre exibidas em versões digitalmente restauradas e com a presença de diretores, atores e/ou técnicos. Uma das mais aguardadas será do filme italiano Pasqualino Sete Belezas (1975), apresentado pela diretora, Lina Wertmüller, de 90 anos - a primeira mulher a ser indicada a um Oscar de direção e por este filme - , e o ator Giancarlo Giannini.
 
Uma das exibições mais disputadas será, certamente, a de O Iluminado, clássico do terror de Stanley Kubrick, de 1980, numa sessão à meia-noite, com apresentação do cineasta mexicano Alfonso Cuarón, vencedor do Oscar com Roma e Gravidade.
 
Outra homenagem recorda o tcheco Milos Forman, falecido em 2018, de quem se exibirá versão restaurada de seu segundo longa, Os amores de uma loira, além de um documentário a seu respeito, Forman vc Forman, de Helena Trestikova e Jakub Hajna.
 
Homenageado também será o diretor espanhol Luis Buñuel, de quem serão mostrados três longas restaurados: Os esquecidos (1950) e Nazarín (1958), de sua fase mexicana, e A Idade do Ouro (1930), seu primeiro longa, produzido na França.
 
Também fazem parte da programação deste ano as versões restauradas de Milagre em Milão, de Vittorio De Sica (vencedor do Grand Prix em Cannes em 1951), Hakujaden (A serpente branca), de Taiji Yabushita (primeira animação colorida japonesa, de 1958), The Doors, de Oliver Stone, Kanal, de Andrzej Wajda, Moulin Rouge, de John Huston e Toni, de Jean Renoir, entre vários outros.
 
Entre os cinco documentários sobre cinema da seção, está Cinecittà - I Mestieri del Cinema di Bernardo Bertolucci, de Mario Sesti, analisando a obra do diretor italiano, que morreu em novembro de 2018.

Outras informações no site do festival: www.festival-cannes.com

Neusa Barbosa


Outras notícias