Notícias

Longas brasileiros são selecionados para o Festival de Berlim

Publicado em 18/12/18 às 15h35

Dois filmes brasileiros serão apresentados na mostra Panorama no Festival de Berlim, que acontece entre 7 e 17 de fevereiro. Greta, de Armando Praça, e o documentário Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar, de Marcelo Gomes estão entre os 22 longas – 17 ficções, e 5 documentários – anunciados para essa seção paralela do festival. Os dois brasileiros são produzidos por João Vieira Jr. e Nara Aragão, da produtora Carnaval, que também é responsável por Vestido branco, véu e grinalda, de e Fim de Festa, próximos filmes de Marcelo Gomes e Hilton Lacerda, respectivamente.
 
Greta traz Marco Nanini como um enfermeiro homossexual fervoroso fã de Greta Garbo, precisa liberar uma vaga no hospital onde trabalha para Daniela, sua melhor amiga, e por isso decide ajudar na fuga de um jovem que acaba de ser hospitalizado e algemado por ter cometido um crime. O protagonista acaba hospedando o fugitivo em sua casa, e os dois se envolvem amorosamente.
 
Estou me guardando... tem como cenário a cidade de Toritama (PE), onde mais de 20 milhões de jeans são produzidos durante o ano. Os moradores se orgulham se seu trabalho árduo, que só para durante o carnaval.
 
A mostra Panorama exibirá também o primeiro longa dirigido pelo ator Jonah Hill, Mid90s, além de um documentário sobre a poeta e música inglesa P.J. Harvey, A dog called Money. Nas próximas semanas, o festival anunciará mais filmes. Abaixo, a lista dos confirmados:
 
37 Seconds, dir. Hikari (Japão)
Dafne, dir. Federico Bondi (Itália)
The Day After I'm Gone, dir. Nimrod Eldar (Israel)
A Dog Called Money, dir. Seamus Murphy (Irlanda/Reino Unido)
Estou me guardando para quando o carnaval chegar, dir. Marcelo Gomes (Brasil)
Chained, dir. Yaron Shani (Israel/Alemanha)
Flatland, dir. Jenna Bass (África do sul/ Alemanha / Luxemburgo)
Greta, dir.Armando Praca (Brasil)
Hellhole, dir. Bas Devos (Belgica/ Holanda)
Jessica Forever, dir. Caroline Poggi, Jonathan Vinel (França)
Kislota (Acid), dir. Alexander Gorchilin (Rússia)
Mid90s, dir. Jonah Hill (EUA)
Family Members, dir. Mateo Bendesky (Argentina)
Monos, dir. Alejandro Landes (Colômbia / Argentina / Holanda / Alemanha / Dinamarca / Suécia / Uruguai)
O Beautiful Night, dir. Xaver Bohm (Alemanha)
Selfie, dir. Agostino Ferrente (França / Itália)
Shooting the Mafia, Kim Longinotto (Irlanda / EUA)
Skin, dir. Guy Nattiv (EUA)
The Souvenir, dir. Joanna Hogg (Reino Unido)
Tremors, dir. Jayro Bustamante (Guatemala / França / Luxemburgo)
The Miracle of the Sargasso Sea, dir. Syllas Tzoumerkas (Grécia / Alemanha / Holanda / Suécia)
What She Said: The Art of Pauline Kael, dir. Rob Garver (EUA)

Outras notícias