Notícias

Próximo filme de Todd Haynes será sobre uma das famílias mais ricas dos EUA

Publicado em 21/09/18 às 17h54

Sempre interessado nas dinâmicas familiares americanas, Todd Haynes, diretor de Carol e Longe do paraíso, entre outros, abordará em seu próximo longa o clã Du Pont, um dos mais ricos do país. Segundo a Variety, o filme será produzido pela produtora Participant e Mark Ruffalo, que poderá fazer o papel principal. O roteiro está sendo reescrito por Mario Correa, a partir de uma primeira versão de Matthew Carnahan.
 
Espera-se que a figura central do filme seja o patriarca Eleuthère Irénée du Pont que, um químico que se mudou para os EUA no final do século XVIII, depois da Revolução Francesa, pois mesmo sendo a favor da revolução, ele e seu pai ajudaram na fuga de Luis XVI e Maria Antonieta, quando o Palácio das Tulherias esta sendo apedrejado.
 
Nos EUA, fez sua fortuna fabricando pólvora, depois dinamite e também plástico, entre outros produtos. Funcionários seus inventaram Nylon e Teflon, o que contribuiu para aumentar a riqueza da família, que hoje é divida por seus mais de 3 mil membros.
 
Essa não será a primeira vez que a vida do clã chega ao cinema. Em 2014, com direção de Bennett Miller, Foxcatcher abordou um episódio trágico, no qual John du Pont (interpretado por Steve Carrell) resolveu patrocinar uma equipe de luta livre, e acabou assassinando um dos membros, no filme interpretado por Ruffalo. Vanessa Redgrave interpretou a mãe de John, a filantropa Jane du Pont.
 
Crédito da imagem: Todd Haynes

Outras notícias