Notícias

IMS-SP apresenta mostra do diretor maliano Souleymane Cissé

Publicado em 16/07/18 às 11h37

De 18 a 25 de julho, o IMS Paulista exibe uma seleção de filmes do diretor maliano Souleymane Cissé. A mostra inclui cinco títulos do realizador, entre curtas e longas-metragens, e um raro documentário sobre a sua obra, dirigido por Rithy Panh. A programação terá início no dia 18, às 19h30, com a exibição de Yeelen A luz, filme vencedor do Prêmio do Júri no Festival de Cannes em 1987. Após a sessão, haverá um debate com a pesquisadora Janaína Oliveira.
 
Integrante de uma primeira geração de cineastas africanos, Cissé estudou cinema em Moscou. Na década de 1970, retornou ao Mali e começou a filmar seus primeiros trabalhos. O cineasta visava criar um repertório de imagens e histórias que se contrapusessem aos estereótipos negativos sobre sua cultura produzidos ao longo da dominação colonial. Segundo Janaína Oliveira, a obra de Cissé está associada às diretrizes que caracterizam as primeiras décadas do cinema do continente: “Um cinema feito por africanos, com temas africanos, para um público africano”.
 
Esse viés politizado, pautado no ideal de descolonização das telas, marca sobretudo a produção inicial de Cissé. Na mostra no IMS, serão exibidos quatro filmes desse primeiro momento: os curtas-metragens Fontes de inspiração (1968) e Cantores tradicionais das ilhas Seychelles (1978), e os longas Baara – O trabalho (1978) e Finyé – O vento (1982). Primeiro longa-metragem realizado no Mali, Baara – O trabalho trata do confronto de ideias entre um jovem camponês e um engenheiro que estudou na Europa. Já em Finyé – O vento, o cineasta filma o romance entre dois jovens de classes sociais distintas, que questionam os valores da sociedade em que vivem.
 
Além de exibir a produção de Cissé, a mostra inclui o documentário Cineastas do nosso tempo: Souleymane Cissé, realizado por Rithy Panh. O filme traz uma entrevista com o cineasta maliano, que relembra sua carreira e discute questões estéticas e políticas, entrevistado também pelo pesquisador Manthia Diawara. O título integra a série Cineastas do nosso tempo, idealizada por André S. Labarthe e Janine Bazin. Na mostra, o documentário será exibido na mesma sessão que os dois curtas de Cissé. Confira a programação completa e os horários abaixo.
 
Souleymane Cissé
De 18 a 25 de julho
IMS Paulista
 
Ingressos R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia)
 
 
Programação
 
18 de julho
 
19h30 *
Yeelen – A luz
Souleymane Cissé
Alemanha, Burkina Fasso, França, Japão, Mali, 1987. 106 min. 12 anos. 35 mm
* Seguido por debate com Janaína Oliveira
 
 
19 de julho
 
18h30
Cineastas do nosso tempo: Souleymane Cissé
Rithy Panh
França, 1990. 53min. 12 anos
 
Fontes de inspiração
Souleymane Cissé
Mali, 1968. 7min. 12 anos.
 
Cantores tradicionais das ilhas Seychelles
Souleymane Cissé
Mali, 1978. 15min. 12 anos
 
 
20 de julho
 
19h
Finyé – O vento
Souleymane Cissé
Mali, 1982. 105 min. 12 anos. 35 mm
 
21h30
Baara – O trabalho
Souleymane Cissé
França, Mali, 1978. 96 min. 12 anos. 35 mm
 
 
21 de julho
 
17h45
Finyé – O vento
Souleymane Cissé
Mali, 1982. 105 min. 12 anos. 35 mm
 
20h
Yeelen – A luz
Souleymane Cissé
Alemanha, Burkina Fasso, França, Japão, Mali, 1987. 106 min. 12 anos. 35 mm
 
 
22 de julho
 
16h
Cineastas do nosso tempo: Souleymane Cissé
Rithy Panh
França, 1990. 53min. 12 anos
 
Fontes de inspiração
Souleymane Cissé
Mali, 1968. 7min. 12 anos
 
Cantores tradicionais das ilhas Seychelles
Souleymane Cissé
Mali, 1978. 15min. 12 anos
 
18h
Baara – O trabalho
Souleymane Cissé
França, Mali, 1978. 96 min. 12 anos. 35 mm
 
 
25 de julho
 
18h
Finyé – O vento
Souleymane Cissé
Mali, 1982. 105 min. 12 anos. 35 mm
 
20h
Baara – O trabalho
Souleymane Cissé
França, Mali, 1978. 96 min. 12 anos. 35 mm
 
 
Ingressos R$ 8 (inteira) R$ 4 (meia)
 
Meia-entrada no IMS Paulista
 
Com apresentação de documentos comprobatórios para professores da rede pública, estudantes, crianças de 3 a 12 anos, portadores de deficiência, portadores de Identidade Jovem e maiores de 60 anos.
 
Cliente Itaú
 
Desconto para o titular ao comprar o ingresso com o cartão Itaú (crédito ou débito). Ingressos e senhas sujeitos à lotação da sala.
 
Compra
 
Os ingressos do cinema são vendidos na bilheteria do centro cultural para sessões do mesmo dia e no site ingresso.com.
 
Devolução de ingressos
 
Em casos de cancelamento de sessões por problemas técnicos e por falta de energia elétrica, os ingressos serão devolvidos. A devolução de entradas adquiridas pelo ingresso.com será feita pelo site.
 
 
IMS Paulista
Avenida Paulista, 2424
São Paulo, SP, Brasil
11 2842 9120

Outras notícias