Notícias

Retrospectiva de Nelson Pereira dos Santos a partir do dia 9 no Belas Artes (SP)

Publicado em 01/02/17 às 15h16

Começa no próximo dia 9 a mostra Simplesmente Nelson, que apresentará 30 produções dirigidas por Nelson Pereira dos Santos em sua carreira de quase 70 anos. O evento contará com as principais obras do diretor, como Rio Zona Norte, Boca de Ouro, Vidas secas e Memórias do cárcere.
 
No dia da abertura, haverá um debate, às 20h, com o cineasta Luiz Carlos Lacerda (Bigode), o ator e cineasta Carlos Alberto Riccelli, a curadora Silvia Oroz, e mediação da jornalista Maria do Rosário. A entrada é gratuita.
 
A curadora também participará no dia 11 da Sessão Comentada do filme Cinema de lágrimas, na qual falará sobre a experiência de trabalhar ao lado de Nelson Pereira dos Santos. E no dia 18, a pesquisadora Angélica Coutinho apresentará a masterclass “Nelson Pereira dos Santos e a literatura”. As inscrições podem ser feitas a partir do dia 9 pelo e-mail inscricaosn@gmail.com. As vagas são limitadas.
 
A mostra acontece até 22 de fevereiro, e o Cine Belas Artes fica na Rua da Consolação, 2423. Para mais informações, acesse : www.caixa.gov.br/caixacultural. Abaixo, a programação completa (sujeita a alterações).
 
9 de fevereiro – quinta-feira
16h – A missa do galo (24 min) + Meu compadre Zé Keti (12 min) + Nelson Filma (10 min) + Como se morre no cinema (20 min)
18h30 – Rio Zona Norte (90 min)
20h – Debate: O Cinema de Nelson Pereira dos Santos, com o cineasta Luiz Carlos Lacerda (Bigode), o ator e cineasta Carlos Alberto Riccelli, a curadora Silvia Oroz, e mediação da jornalista Maria do Rosário. (Entrada franca)
 
10 de fevereiro – sexta-feira
16h – Mandacaru Vermelho (78 min)
18h30 – Boca de Ouro (103 min)
20h – Vidas Secas (100 min)
 
11 de fevereiro – sábado
16h – sessão comentada Cinema de Lágrimas (92 min) com a curadora Silvia Oroz (Entrada Franca)
18h – Memórias do cárcere (197 min)
12 de fevereiro – domingo
16h – A luz do Tom (120 min)
18h30 – A música segundo Antonio Carlos Jobim (88 min)
 
13 de fevereiro – segunda-feira
16h – Como era gostoso o meu francês (83 min)
18h30 – Quem é Beta? (85 min)
20h – O amuleto de Ogum (112 min)
 
14 de fevereiro – terça-feira
16h – Tenda dos milagres (132 min)
18h30 – Na estrada da vida (100 min)
15 de fevereiro – quarta-feira
16h – Insônia (103 min)
18h30 – Jubiabá (107 min)
 
16 de fevereiro – quinta-feira
16h – A terceira margem do rio (98 min)
18h30 – Brasília 18% (102 min)
 
17 de fevereiro – sexta-feira
16h – Raízes do Brasil (140 min)
18h30 – A música segundo Antonio Carlos Jobim (88 min)
 
18 de fevereiro – sábado
14h – Masterclass Nelson Pereira e a literatura, com a pesquisadora Angélica Coutinho
16h – Casa Grande e Senzala – Episódio 1 e 2 (120 min)
18h30 – Casa Grande e Senzala – Episódio 3 e 4 (120 min)
23h30 – A luz do Tom (120 min)
 
19 de fevereiro – domingo
16h – O Saci (68 min)
18h30 – Rio Zona Norte (90 min)
 
20 de fevereiro – segunda-feira
16h – Agulha no palheiro (95 min)
18h30 – O grande momento (80 min)
20h – Vidas secas (100 min)
 
21 de fevereiro – terça-feira
16h - El Justiciero (90 min)
18h30 – Barravento (80 min)
 
22 de fevereiro – quarta-feira
16h – Fome de amor (73 min)
18h30 – Azyllo muito louco (100 min)

Outras notícias