O poço

O poço

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 3 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Confinados a uma prisão vertical, homens e mulheres esperam a hora das refeições, que duram apenas dois minutos. Os diferentes níveis do local trazem uma dinâmica social inesperada.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

25/03/2020

Sutileza é uma palavra que passa longe do terror espanhol O Poço, que cria uma metáfora social a partir de uma prisão vertical, na qual cada nível representa uma camada da sociedade – quanto mais abaixo, mas perto da base da pirâmide social se está. Em cada nível, há dois presos, e apenas dois minutos para se alimentar. A cada mês, há uma mudança na localização das celas; é possível subir ou descer.
 
A alimentação é um fator importante aqui. Aqueles confinados mais ao topo têm os melhores alimentos. Os dois minutos nos quais é permitido comer são de insanidade e desespero. As regras de civilização são deixadas de lado.
 
O que há de muito no filme dirigido pelo estreante  Galder Gaztelu-Urrutia é conceito, mas com uma execução frágil e um roteiro mal resolvido, assinado por David Desola e Pedro Rivero. A música onipresente de Aránzazu Calleja também não ajuda, em sua insistência em ruídos e sem qualquer descanso.
 
O que interessa a O Poço não é como os ricos sugam os pobres para continuar no topo, mas como os pobres se devoram nas catacumbas da organização social. Trimagasi (Zorion Eguileor) e Goreng (Iván Massagué) dividem o nível 48. O primeiro tem uma faca, o outro, um exemplar de Dom Quixote. Além disso, ele se voluntariou a se confinar, pois, aparentemente, a reclusão eleva seu status social do lado de fora – se ele conseguir sair.
 
O filme tenta fazer algo de que O Expresso do Amanhã – ficção científica pouco vista e bastante boa de Bong Joon-Ho pré-Parasita – já havia dado conta alguns anos atrás. Falta a Gaztelu-Urrutia a capacidade de confiar no seu público, em ser menos didático e óbvio em sua surrada crítica social.

Alysson Oliveira


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança