100 quilos de estrelas

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


País


Sinopse

A adolescente Lois quer ser astronauta, mas seus 100 Kg a impedem de realizar seu sonho. Quando se dá conta disso, decide parar de comer e acaba numa clínica. Junto com outras três pacientes de sua faixa etária, ela foge. O quarteto fará de tudo para realizar seus sonhos.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

26/02/2020

Aos 16 anos, a jovem Lois (Laure Duchene) sonha em ser astronauta. Quando se dá conta de que seu peso é um impedimento, a garota se rebela e resolve parar de comer. Isto a leva a ter sérios problemas de saúde e a uma internação em uma clínica, onde conhece outras garotas também com problemas emocionais. Amélie (Angèle Metzger) é anoréxica e rebelde; Stannah (Pauline Serieys) está numa cadeira de rodas e tem dificuldade de se relacionar com outras pessoas, e Justine (Zoé De Tarlé) tem fobia a tudo o que é tecnológico. Nesse trio de amigas, Lois encontra o apoio para ir atrás de seus desejos.

Dirigido por Marie-Sophie Chambon, a partir de um roteiro dela e de Anaïs Carpita, 100 Quilos de Estrelas é uma investigação sobre as pressões que as adolescentes sofrem da sociedade. A aversão ao seu próprio corpo é tão enraizada em Lois a ponto de ela colocar sua saúde em risco em nome de ter um corpo socialmente aceitável. Isso acaba afetando sua relação com a família – em especial com a mãe (Isabelle de Hertogh), também obesa, a quem a garota culpa por seus problemas.

Chambon não doura a pílula, e não busca saídas fáceis para os problemas de suas personagens. A grande qualidade do filme está em sua honestidade em retratar essas jovens em busca de seu lugar no mundo, e transformar esse num ambiente saudável para que elas possam ser do jeito que quiserem.

Transitando entre o humor e o drama, 100 Quilos de Estrelas investe em alguns belos momentos na fantasia, mas é na realidade que está fincada a narrativa. Lois decide que irá participar de um concurso da agência espacial francesa, que premiará os vencedores com alguns minutos num ambiente de gravidade zero. Com alguma ajuda das colegas – mas a maior parte é feita por ela mesma –, a garota desenvolve um projeto e um equipamento. Porém, presas à clínica, elas não têm como participar da competição – a não ser que fujam.

Nesse momento, o longa se torna um road movie e, como tal, sua função é a autodescoberta das personagens, que as levará às transformações de que tanto precisam. Chambon sabe que não existem soluções fáceis e constrói uma narrativa coerente com sua proposta, e também otimista.

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança