Meu Pequeno Negócio

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

17/04/2003

Todo mundo que já tentou um dia manter uma pequena empresa tem tudo para identificar-se com Ivan Lansi (Vincent Lindon). Dono de uma pequena marcenaria familiar, Lansi tem um cotidiano interminável, ocupado dia e noite com os pequenos e grandes problemas de seu negócio, ainda mais que sua equipe é diminuta. Um incêndio abala o precário equilíbrio na vida do microempresário. Ele até acredita que não terá maiores problemas, já que fez seguro com um corretor de confiança, Nassief (François Berléand). Aí descobre que o amigo é simplesmente um golpista dos maiores, que embolsa o dinheiro dos segurados, dividindo-o com um outro funcionário, que pós-data os contratos no computador central da seguradora assim que acontece um sinistro. Mas, desta vez, aconteceu o pior: o parceiro de Nassief morreu e o seguro de Lansi simplesmente não tem cobertura.

Começa aí a parte mais saborosa desta comédia - a preparação de uma complicada maracutaia para evitar a falência de Lansi. Sem entregar o enredo, a manobra envolve a participação do novo marido da ex de Lansi, Sami (Roschdy Zem), requisitado por sua habilidade atlética, e do próprio filho do empresário, Christophe (Yoann Denaive) - que, como todo adolescente, domina melhor a informática do que toda a geração mais velha. Na condução deste golpe para consertar a tramóia do corretor, o roteiro tira bom partido das ironias étnicas (Nassief é russo, Sami, argelino) e de algumas participações femininas de destaque: a ex-mulher de Lansi (Zabou Breitman), a secretária da seguradora (Catherine Mouchet) e a rigorosa fiscal do seguro (Anne Le Ny).

Produzido por Bertrand Tavernier, o filme de Pierre Jolivet (co-roteirista do aclamado Subway, de Luc Besson) acumulou também alguns prêmios, como o de melhor roteiro no Festival de Montreal, além do César de melhor ator coadjuvante para François Berléand.

Cineweb-18/4/2003

Neusa Barbosa


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança