A rebelião

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Quase uma década depois de uma invasão alienígena que dominou a Terra, os humanos se dividem entre rebeldes e aliados dos invasores. O filme acompanha esse dois grupos num momento crucial da dominação.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

21/03/2019

A rebelião é um filme de invasão alienígena ambicioso e pretende ser um comentário social sobre nosso presente. Dirigido por Rupert Wyatt (Planeta dos Macacos: A origem), é mal-sucedido em ambos os casos, por conta de um roteiro rocambolesco, personagens sem graça e efeitos especiais toscos. O longa começa explicando que o planeta foi invadido há quase uma década e os extraterrestres, que se chamam de Legisladores, tomaram o poder. Eles conseguiram, entre outras coisas, diminuir a violência e melhorar a economia.
 
À boa parte dos humanos, resta trabalhar para os invasores, que vivem no subsolo, explorando os recursos naturais do planeta. Essa é uma das informações que se depreende do roteiro confuso, assinado pelo diretor e Erica Beeney, que nunca consegue estabelecer uma narrativa organizada e coerente.
 
Chicago se tornou uma Zona Fechada, onde Gabriel (Ashton Sanders) trabalha num lugar que alimenta servidores dos alienígenas com cartões de memória e drives – para que, só mais tarde saberemos, em meio à confusão narrativa de A rebelião. William Mulligan (John Goodman) trabalha para os Legisladores e está em busca de Rafe (Jonathan Majors), irmão de Gabriel, que foi dado como morto na época da invasão. 
 
Outros elementos vão sendo jogados na tela sem muito sentido, como uma historiadora-prostituta (Vera Farmiga) que toca “Stardust”, de Nat King Cole, para os clientes, ou um jornalista (Alan Ruck). O que não se vê muito bem são os alienígenas, que aparecem sempre em cenas escuras – possivelmente porque os efeitos não sejam muito bons.
 
Existe, é claro, a tal rebelião contra os aliens (supostamente o centro da trama), mas a falta de coesão na narrativa impede qualquer envolvimento do expectador com isso ou com os personagens, ou mesmo a criação de algum suspense. Ao final, este é um filme de invasão alienígena tão cheio de ideias mal resolvidas que se torna tão genérico quanto o seu título nacional. 

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança