Como treinar seu dragão 3

Ficha técnica

  • Nome: Como treinar seu dragão 3
  • Nome Original: How to train your dragon 3
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: EUA
  • Ano de produção: 2019
  • Gênero: Infantil, Aventura, Animação
  • Duração: 104 min
  • Classificação: Livre
  • Direção: Dean DeBlois
  • Elenco:

Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 2 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Para salvar seu amigo Banguela, de um caçador de dragões, Soluço e sua tribo procuram um mundo escondido onde os animais estarão protegidos.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

02/01/2019

É raro para um filme infantil – especialmente animação – acompanhar de maneira tão profunda a jornada de amadurecimento emocional de seu protagonista como a trilogia Como treinar o seu dragão, que se encerra com este filme. Aqui, Soluço e seu dragão Fúria da noite, Banguela, concluem o rito de passagem para a vida adulta, levando o filme a superar-se não apenas na estética, mas também na narrativa.
 
Novamente escrito e dirigido por Dean DeBlois, Como treinar seu dragão impressiona em sua riqueza de detalhes no visual dos personagens – humanos e não-humanos – e nos cenários. Além disso, a trama é sofisticada, especialmente num gênero que pouco sai de sua zona de conforto em relação à narrativa. Acompanhar o amadurecimento da dupla desde o primeiro filme, de 2010, é praticamente uma jornada épica.
 
Agora que os Vikings superaram o medo dos dragões, os humanos e os animais vivem pacificamente. Soluço, praticamente um adulto, assume o papel de seu falecido pai como o chefe do grupo. Com a ajuda de sua amiga corajosa Astrid, da mãe dele (que reencontrou há pouco tempo) e um grupo de amigos, o protagonista passa o tempo resgatando dragões que foram capturados, levando-os para a sua ilha. Porém, entra em cena Grimmel, um sujeito determinado a exterminar todos os dragões do mundo e acabar com o paraíso onde Soluço e sua turma cuidam das criaturas. A única forma de proteger Banguela e os outros animais é encontrando o mundo escondido, que acreditava-se ser apenas um mito.
 
Tal qual Soluço, seu Banguela está num momento de amadurecimento. É quando os hormônios do dragão entram em ebulição e ele conhece um par, uma dragão-fêmea idêntica a ele, exceto que é branca e ganha o nome de Fúria da Luz. Primeiro, ela surge como um artifício de Grimmel em seu plano para matar Banguela, mas, com o tempo, se transforma, o que resulta numa dança de acasalamento. E o protagonista também, é claro, enfrenta pressões para o seu amadurecimento amoroso, quando alguns membros de seu grupo vivem pressionando-o para casar com Astrid – mas, ela, como uma personagem feminina forte que é, também não está muito interessada nisso, ao menos, não agora.
 
O arco de maturidade do personagem é notável desde o primeiro longa, e aqui, acima de tudo, é um filme de despedidas. Soluço aprende que o processo de amadurecimento, de crescimento, envolve abrir mão de algumas coisas mesmo amando-as. O resultado é emocionante sem ser forçado ou piegas, comovente em sua honestidade e sua visão de mundo. 

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança