O paciente - O caso Tancredo Neves

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

Em 1985, na véspera de sua posse como presidente eleito indiretamente, Tancredo Neves passa mal e é internado. O diagnóstico inicial é apendicite aguda e os médicos o operam. Essa avaliação, no entanto, estava errada. Uma série de procedimentos posteriores, praticados pelos médicos que o atenderam, agravaram seu estado e o levaram à morte.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

29/08/2018

Sergio Rezende é um diretor aficionado de temas e personagens históricos, como visto em O homem da capa preta (1987), Mauá – o imperador e o rei (1999) e Zuzu Angel (2006). Sua última investida é O Paciente – o caso Tancredo Neves, que adapta livro de 2010 do pesquisador Luiz Mir para tratar dos acontecimentos que levaram à morte o presidente eleito Tancredo Neves (Othon Bastos), 33 anos atrás.
 
Amparado no livro, com roteiro de Gustavo Lipsztein, Rezende pinta em sua história um drama em que os médicos que trataram de Tancredo – identificados por seus verdadeiros nomes - são os vilões, já que se atribui a um erro de diagnóstico (apendicite aguda, quando se trataria apenas de um mioma), sucessivos equívocos fatais de procedimentos (uma sutura problemática na primeira cirurgia, que teria provocado uma grande hemorragia) e a uma insana guerra de vaidades a morte do presidente, que não tomou posse, falecendo após 39 dias de internação, em 21 de abril de 1985.
 
Nada disso, a rigor, é completamente novo nestas três décadas que se passaram após este episódio traumático na vida do País – a morte de um presidente, eleito indiretamente após o fracasso da aprovação, no Congresso, da emenda que traria de volta as eleições diretas, que tinha o compromisso de encerrar os sombrios 21 anos de ditadura militar. Nem a responsabilização nominal de médicos, como Henrique Walter Pinotti (Paulo Betti), Francisco Pinheiro da Rocha (Leonardo Medeiros) e Renault Mattos Ribeiro (Otávio Müller), entre outros, é de fato uma total novidade, pois sua responsabilização já havia sido aventada antes.
 
Qual é, então, a importância de um filme como esse, num momento tão conturbado da vida do país? De um lado, relembrar a imensa dificuldade que se teve para encerrar o capítulo da ditadura militar que, ao contrário do que defendem desinformados, não deixava na nação de 1985 qualquer saudade, apenas o sentimento generalizado de que já ia tarde. Também seria bom recordar como Tancredo, um político de centro, conservador, era um homem profundamente comprometido com a democracia – do que é prova sua fidelidade ao presidente João Goulart até o fim, não apoiando o golpe de 1964.
 
Mas o filme bem-intencionado, mas infelizmente limitado, de Sergio Rezende, não chega a tanto. Limita-se a criar uma espécie de pseudo-thriller médico, envolvendo um paciente cuja importância parece lhe ter sido, paradoxalmente, prejudicial, e cujo final trágico todos conhecemos. Com andamento maniqueísta, o filme parece mais preocupado em eleger bandidos (os médicos vaidosos) e mocinho (um Tancredo quase santificado, quase Cristo) do que realmente capturar o espírito daquela época.
 
Para quem lembra daqueles dias angustiantes, de esperanças mais uma vez dilapidadas, falta muito do contexto – que só entra no quadro de vez em quando, com pontuais usos de reportagens da época, mostrando populares com declarações comoventes sobre o presidente doente ou uma ou outra aparição de Ulysses Guimarães, o símbolo da campanha das Diretas, o homem que deveria ter sido candidato a presidente, caso a emenda passasse.
Mesmo dentro da trama que se propõe a narrar, O Paciente... é cinema careta, cheirando a mofo, em termos de enquadramentos, diálogos, interpretações. Há no elenco um notável conjunto de atores talentosos, que não têm como libertar-se desse enfoque sufocantemente raso, sem suficiente iluminação, muito menos ambição, para projetar as raízes daqueles dias sobre os impasses presentes.

Neusa Barbosa


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança