Um dia para viver

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

Assassino aposentado é recrutado para uma missão milionária, mas acaba morrendo numa troca de tiros. Seus empregadores o ressuscitam para contar o que sabe, mas ele escapa e terá 24 horas para proteger aquelas pessoas a quem devia ter matado.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

04/06/2018

Um dia para viver é um filme que procura transitar entre o gênero policial e a ficção-científica, mas  sem colher bons resultados em nenhum dos dois. O longa é protagonizado por Ethan Hawke, que interpreta Travis Conrad, um matador de aluguel aposentado. Na primeira cena em que aparece, ele está numa praia pescando com um amigo (Rutger Hauer) e, depois de jogar as cinzas de duas pessoas no mar – descobriremos logo depois que são de sua mulher e do filho pequeno – é procurado por um antigo colega de trabalho (Paul Anderson) com uma oferta irrecusável.
 
Ele é chamado para matar a chinesa Lin Bisset (Xu Qing), agente da Interpol, e um homem (Tyrone Keogh) –  tudo porque o rapaz irá depor num tribunal internacional contra a Montanha Vermelha, organização criminosa para a qual trabalhava. O matador arma seu plano para eliminar a policial, mas os dois acabam passando a noite juntos – o que não impede que troquem tiros pela manhã. Travis morre, mas é ressuscitado na cena seguinte, graças a um programa desenvolvido pela Montanha Vermelha.
 
Ele volta dos mortos apenas para contar o que descobriu de seu encontro com Lin, e depois será executado pela mesma médica que o trouxe à vida. Mas como o filme ainda está longe de acabar, Travis consegue fugir, e descobre que tem menos de 24 horas de vida. Ele acompanha a contagem regressiva em um cronometro digital introduzido em seu braço. Ele precisará agora salvar a vida de Lin e permitir que o outro homem possa depor para condenar a Montanha Vermelha, que traiu sua confiança ao tentar matá-lo.
 
O que se segue, sob a direção do ex-dublê Brian Smrz, não poderia ser mais genérico. Enquanto agoniza, ao longo de um dia, Travis tem alucinações com a mulher e o filho e confronta um dos vilões mais caricatos dos últimos tempos – interpretado pelo irlandês  Liam Cunningham. 
 
Mas, de qualquer forma, deve-se dar crédito a Hawke, capaz de manter a cara séria mesmo com os diálogos ruins e as situações mais estapafúrdias. 

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança