João de Deus - O silêncio é uma prece

Ficha técnica

  • Nome: João de Deus - O silêncio é uma prece
  • Nome Original: João de Deus - O silêncio é uma prece
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: Brasil
  • Ano de produção: 2017
  • Gênero: Documentário
  • Duração: 80 min
  • Classificação: 12 anos
  • Direção: Candé Salles
  • Elenco:

Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

O documentário acompanha o dia-a-dia do médium João de Deus e seu trabalho de cirurgias espirituais e físicas numa pequena cidade no interior de Goiás, onde mantém também a Casa Dom Inácio.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

09/05/2018

Documentário biográfico com aprovação do biografado é sempre algo complicado, porque não existem o distanciamento necessário nem uma certa dose de coragem para se investigar a fundo a trajetória do protagonista. O grande risco é cair na propaganda. E é a isso que sucumbe João de Deus – O silêncio é uma prece, dirigido por Candé Salles.
 
Com aparente acesso irrestrito não apenas ao médium como também às dependências de sua Casa Dom Inácio, em Abadiânia (GO), o filme se contenta em explorar suas cirurgias invisíveis e, em especial, as visíveis, como João de Deus as chama. Em outras palavras, há infindáveis cenas de gente sendo cortada, sangue escorrendo ou tesouras sendo enfiadas no nariz – o que faz com que o filme flerte com um sensacionalismo gratuito.
 
Sobre a trajetória de João Teixeira de Faria, o filme tem pouco a dizer – uma ou outra declaração aqui e ali, quase de passagem. Não que tais informações não possam ser facilmente encontradas na internet, mas o documentário perde a chance de resgatar essa jornada em primeira pessoa. A falta de foco é o problema central aqui, pois o diretor e sua roteirista, Edna Gomes, parecem mais fascinados com o sangue do que com o lado espiritual.
 
As entrevistas, além do próprio João, são em boa parte de médicos amigos seus que salientam a importância do tratamento convencional, mesmo com a cirurgia realizada pelo médium. Tanto que ele mesmo vem até São Paulo para ser tratado de um câncer no esôfago, no Hospital Sírio Libanês – com direito a depoimentos da equipe médica que cuidou dele.
 
O documentário, como era de se esperar, tem um tom altamente laudatório e evita qualquer tipo de polêmica envolvendo o nome de João de Deus, e mal menciona os famosos que já o visitaram como o o ex-presidente Lula, a apresentadora americana Oprah Winfrey, o músico Paul Simon e a artista Marina Abramovic, a única a aparecer no filme. O longa se conforma em estar na superfície, em mostrar sem se aprofundar. Sendo o médium uma figura tão fascinante, o resultado é frustrante em sua superficialidade.

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança