Covil de ladrões

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

Uma gangue planeja um assalto ao Banco Central dos EUA, mas um grupo de policiais se prepara para impedir o ato. De cada lado da lei, diferentes histórias unem os personagens.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

14/03/2018

Entre os jogos mentais possíveis para se matar o tempo ao longo das 2h20 de Covil de ladrões está um que se chama: “Quantas vezes o diretor Christian Gudegast deve ter assistido a Fogo contra fogo?”. A julgar pelo seu filme, não foram poucas – a ponto de transformar seu trabalho quase numa cópia, um leve plágio/homenagem ao clássico policial de Michael Mann, de 1995.
 
Temos aqui um épico policial cuja duração nunca se justifica – pelo contrário, joga contra o filme. A primeira parte é uma longa apresentação dos personagens centrais – o ladrão Ray Merrimen (Pablo Schreiber) e o policial Nick (Gerard Butler). Embora de lados opostos da lei, o longa se esforça em mostrar que há mais semelhanças entre eles do que imaginam, e não se trata apenas da quantidade de tatuagens. 
 
Meticulosamente Gudegast (diretor estreante que tem no currículo o roteiro de Invasão a Londres, também protagonizado por Butler) apresenta a dupla de protagonistas e os homens que os cercam. Meticulosamente, na segunda metade, o filme traz um roubo ao Banco Central. Tudo é tão meticuloso que dá saudades dos longas em que os ladrões apenas roubavam os bancos e os policiais tentavam detê-los. Aqui é preciso entrar em detalhes tecnológicos e da ação do plano. O problema é que, apesar do excesso de detalhes, nada é muito plausível, verossímil, ou interessante.
 
Os personagens secundários – cujas funções primordiais são participar no roubo ou da captura aos bandidos – têm algumas cenas de destaque para ajudar a espichar a duração do longa. Caso de Enson Levoux, interpretado pelo rapper 50 Cent, cuja filha irá ao baile de formatura com o novo namorado mas antes disso, o rapaz precisa ser assustado pela gangue de homens fortes de Merrimen.
 
 O longa reserva uma reviravolta final fazendo com que os grandes enganados aqui não sejam os policiais ou os funcionários do Banco Central, mas, na verdade, o público, quando Covil de ladrões tirar sua resolução inesperada da cartola. O resultado faz lembrar que, por mais copiado/homenageado que seja, Michael Mann só existe um.

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança