Mimosas

Mimosas

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

Um xeque moribundo quer ser enterrado numa cidade medieval. Para isso, organiza uma viagem. Quando ele morre, logo no começo da jornada, seus acompanhantes precisam manter a palavra e realizar a travessia.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

18/08/2017

Ganhador do principal prêmio da Semana da Crítica no Festival de Cannes 2017, Mimosas é um western com um algo de Lisandro Alonso, em sua captura de paisagem do Marrocos como uma força opressora, e de Samuel Beckett, não apenas no estranhamento, mas em suas recusas em explicar e sua estética minimalista.
 
Ao centro, um grupo que acompanha um xeque moribundo, que quer ser enterrado na cidade medieval de Sijilmasa. Porém, ele morre logo no começo da viagem e os acompanhantes precisam manter sua palavra. Laxe, que também assina o roteiro, dialoga com o cinema de John Ford e Howard Hawks e coloca em cena elementos típicos do gênero que fizeram esses cineastas famosos – como a paisagem gigantesca que parece engolir humanos, uma caravana e até uma “donzela” em apuros.
 
Dividido em três partes, cada uma leva como título diferentes elementos da oração islâmica. Sua recusa em construir uma narrativa clara pode afastar parte de seu público. Não é um filme fácil de decifrar – embora prazeroso de se ver – mas, ao mesmo tempo, é sedutor ao lidar com elementos universais (construídos a partir da tradicional gramática do western).
 
Filmado em 16 mm, com fotografia assinada por Mauro Herce, o cenário da região marroquina da cordilheira do Atlas oferece desde um quê de deserto a neve, propiciando uma gama de opções estéticas que parecem refletir os dilemas morais e espirituais dessa caravana da coragem.

Alysson Oliveira


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança