O futuro perfeito

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

Xiaobin é uma chinesa que acaba de chegar a Buenos Aires para reencontrar seus pais, que estão na Argentina há um tempo. Entre as aulas de espanhol, ela trabalha num mercadinho, onde conhece um imigrante indiano com quem começa a namorar.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

07/07/2017

Delicado, divertido e relevante, O Futuro Perfeito investiga a experiência do imigrante por meio da linguagem – a barreira que separa, o laço que une. Dirigido pela alemã Nele Wohlatz, que vive na Argentina, o longa, em seus poucos mais de 60 minutos, dá conta de assuntos sérios de forma leve, mas longe de ser superficial. É um filme estranho, mas não hermético, é quase indescritível em sua beleza e pesquisa da linguagem cinematográfica.
 
Xiaobin (Xiaobin Zhang) tem 18 anos e se muda da China para Buenos Aires, para reencontrar sua família que já se estabeleceu na Argentina há um tempo. Ela não fala uma palavra de espanhol, mas precisa arrumar um emprego, viver sua vida. Enquanto tenta trabalhar em pequenos mercadinhos, faz aulas de espanhol sem que seus pais saibam, pois não se interessam em se integrar à sociedade argentina - seu plano é um dia voltar à China.
 
Com um enfoque documental, sem que isso se torne um empecilho para encenações e ficcionalizações, a diretora, assinando o roteiro com Pío Longo, acompanha o cotidiano da protagonista, que adota o nome de Beatriz. Sem qualquer adereço, numa simplicidade quase bressoniana, O futuro perfeito vai às aulas com a garota. E, como qualquer pessoa que já frequentou escola de línguas sabe, há um exercício clássico chamado roleplay, no qual os alunos interpretam personagens em situações cotidianas para praticar e desenvolver a conversação. Essas dinâmicas, ao longo das aulas, pontuam o filme, refletindo ou antecipando situações que a personagem irá enfrentar.
 
A vida de Xiaobin/Beatriz se torna mais complexa à medida em que ela avança no curso e adquire mais capacidade de se comunicar em espanhol – um tanto lentamente e com sotaque, mas, aos poucos, compreensível aos seus interlocutores. Sua maior descoberta será o tempo verbal futuro, especialmente na forma condicional “E se...”. E se a personagem se envolver com um imigrante indiano (Saroj Kumar Malik), técnico de informática? E se ela se casar com ele? E se ele já for casado? A diretora Nele, premiada em Locarno por esse filme, brinca com as possibilidades com segurança estética e narrativa, dando ao filme e à vida da protagonista diversos cenários de um futuro inesperado.
 
Dessa forma, o longa toca em assuntos importantes do mundo contemporâneo, às vezes espinhosos para o cinema - como imigração, identidade e linguagem. Sem fazer alarde ou panfletagem, investigando o que é ser o outro num mundo de fronteiras fluidas e culturas nem sempre abertas àquilo que não é hegemônico. O futuro perfeito não poderia ser mais certeiro em seu retrato de nosso presente imperfeito.

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança