Paraíso

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Olga é uma russa, militante da Resistência francesa, que esconde crianças judias dos nazistas. Descoberta, ela é presa pelo comissário colaboracionista Jules e tenta seduzi-lo. Mas seu destino está ligado a Helmut, jovem oficial nazista.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

24/01/2017

O veterano cineasta russo Andrei Konchalovsky venceu o prêmio de melhor direção em Veneza 2016 pelo potente drama de guerra Paraíso, que revisita as memórias de três personagens – com ecos de Rashomon (50), de Akira Kurosawa, já que estrutura seu filme em torno de relatos além-túmulo em que os personagens falam diretamente à câmera, num cenário despojado, como diante de um juiz, um sacerdote ou do próprio Deus.
 
Eles são Olga (Yulyia Vyotskaya), uma imigrante russa militante da Resistência francesa; Jules (Philippe Duquesne), um chefe de polícia francês e colaboracionista; e Helmut (Christian Clauss), um jovem coronel nazista, encarregado pelo próprio Heinrich Himmler (Victor Sukhorukov) de fiscalizar a corrupção dos comandantes de campos de extermínio.
 
Presa por esconder crianças judias, Olga é entregue a Jules, mas o manipula para liberá-la em troca de favores sexuais. Um incidente tira Jules de seu caminho e ela é encaminhada a um campo de concentração, onde será descoberta por Helmut, que a conhecera brevemente no passado. Investido de toda a autoridade, Helmut toma Olga como sua amante – o que não a poupa do horror de continuar ali.
 
Co-autor do roteiro original, em parceria com Elena Kiseleva, Konchalovsky mantém firme o foco no realismo das condições do campo, bem como das escolhas das pessoas em situações extremas. O “paraíso” de seu título não poderia ser mais grotescamente irônico: refere-se à utopia delirante dos nazistas da criação de um novo homem e um novo mundo, que se mostra embasada em sangue e violência. Ótimos atores, Visotskaya e Clauss encarnam as duas faces deste mundo em desagregação, retratado num eloquente preto-e-branco.

Neusa Barbosa


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança