Demônio de Neon

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 2 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Uma adolescente aspirante a modelo desembarca em Los Angeles. Confrontada por colegas invejosas e crueis e exploradores de sua inocência, vai sucumbindo a pressões que cada vez menos ela consegue controlar.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

19/05/2016

Desde Only God Forgives, desastroso concorrente à Palma de Ouro em Cannes em 2013, uma certa desconfiança esperava a passagem do novo filme de Nicolas Winding Refn, Demônio de Neon. As piores impressões, infelizmente, se confirmaram.
 
Mais uma vez, o exagero visual estiloso se sobrepõe a tudo o mais, compondo uma crônica artificiosa e superficial de quase horror sobre a trajetória de uma aspirante a modelo adolescente (Elle Fanning), que desembarca em Los Angeles e é literalmente devorada pelas engrenagens de um mundo da moda, em que a competição e a inveja são levadas às últimas consequências.
 
O filme, especialmente em suas sequências finais, é para estômagos fortes, já que não há nenhuma contenção em mostrar violência, com sugestão de massacre e antropofagia (isto depois de escorregar em todo tipo de clichê possível de filme B de terror numa perseguição dentro de uma casa elegante e, antes, num motel decadente, um sub-Bates Motel em que Keanu Reeves faz as vezes de gerente maluco). E o tormento dura praticamente duas intermináveis horas.
 
Parece que Refn esgotou seus melhores talentos no ótimo Drive, que lhe deu o prêmio de direção em Cannes há 5 anos atrás e fez decolar a carreira do ator Ryan Gosling. De lá para cá, é só ladeira abaixo...

Neusa Barbosa


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança