Bob Esponja - Um herói fora d'água

Ficha tcnica

  • Nome: Bob Esponja - Um herói fora d'água
  • Nome Original: The Spongebob movie: Sponge out of water
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: Coréia do Sul
  • Ano de produo: 2015
  • Gnero: Animação
  • Durao: 92 min
  • Classificao: Livre
  • Direo: Paul Tibbitt
  • Elenco:

Avaliao do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


Pas


Sinopse

Nova aventura do Bob Esponja começa quando o pirata Barba Burguer relata o desaparecimento da receita do hambúrguer de siri, que está causando um grande reboliço na Fenda do Biquíni. Bob e seus amigos vão ter que se desdobrar para interferir na situação.



Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crtica Cineweb

03/02/2015

Em 1º de maio de 1999, foi ao ar nos Estados Unidos – e exatamente um ano depois, no Brasil – o primeiro episódio de uma série infantil animada criada por um biólogo marinho, Stephen Hillenburg, centrada em uma esponja do mar otimista, infantil e que usa calças quadradas e em seus curiosos amigos que também habitam a Fenda do Biquíni. O inusitado projeto de tom surrealista surpreendeu e, mesmo com as polêmicas geradas em relação ao show, como a questão da orientação sexual do protagonista, Bob Esponja foi e ainda é uma das maiores audiências do canal Nickelodeon.
 
A popularidade entre as crianças e adultos permitiu que, após cinco anos de exibição, o programa ganhasse uma adaptação cinematográfica, Bob Esponja: O Filme (2004), que, ainda que parecendo um episódio de TV estendido, era uma aventura divertida. Passada uma década, o sucesso do personagem na televisão e na memória das pessoas permanece, motivando sua segunda incursão no cinema, Bob Esponja: Um Herói Fora d’Água (2015), de Paul Tibbitt.
 
Como todo adolescente em busca de afirmação, ele vem numa produção maior: o live-action e a animação 3D são utilizados juntamente com a animação 2D tradicional da série. No primeiro longa, já havia a presença de atores como os piratas no começo e fim do filme, além da participação especial de David Hasselhoff, remetendo a Baywatch (1989-2001). Mas se restringia a poucos minutos em tela.
 
Agora, o público é apresentado ao pirata Barba Burguer, que tem papel fundamental no enredo, interpretado por um Antonio Banderas abusando da canastrice, o que até cai bem neste caso. Ao roubar um livro misterioso numa ilha, o bucaneiro começa a contar às gaivotas que o acompanham – uma delas dublada por Victor Meyniel, jovem celebridade da internet, na versão brasileira substituído pela clássica voz do Wendel Bezerra – a história do desaparecimento da fórmula secreta do hambúrguer de siri.
 
Sem a receita que garante o sucesso do Siri Cascudo e a fortuna do avarento patrão de Bob, o Sr. Sirigueijo, o famoso sanduíche não pode ser mais produzido, gerando uma grave crise na Fenda do Biquíni, que se transforma em um cenário pós-apocalíptico, à la Mad Max. O problema é que os habitantes do local acusam injustamente o chapeiro da lanchonete e Plankton, dono do restaurante concorrente e que sempre tenta roubar a fórmula, de serem responsáveis pelo tal sumiço, fazendo com que os dois se unam para restaurar a paz no vilarejo.
 
Mas o pirata não apenas narra o caso como também está envolvido nele, o que fica claro mais à frente, quando são revelados os seus planos futuros – bem condizentes com esta época de gourmetização, diga-se de passagem. Portanto, é quando Bob Esponja e seus amigos saem do mar e aportam em terra firme, depois de diversas reviravoltas, que os conhecidos personagens recebem a modelagem em 3D. E, logo após uma última virada, ganham poderes e os músculos vistos nos pôsteres oficiais da produção.
 
Felizmente, esse momento descrito no subtítulo dura pouco e somente o necessário. A questão não é só a estranheza do novo corpo do protagonista nesta sequência – o Patrick e o Lula Molusco, apesar de também estarem mais fortes, mantêm o aspecto estrutural com o qual o público está acostumado –, mas principalmente porque seria o tipo de trama/piada que não se sustentaria por muito tempo na tela. Especialmente depois do longa vir em um bom ritmo, trazendo o estilo tradicional do desenho e mantendo a graça da ingenuidade clássica dos personagens, mas também adicionando bem mais gags para os adultos desta vez.
 
Um exemplo é a viagem ao cérebro do Bob Esponja, cuja explosão de fofura e algodão doce acaba se transformando em um filme de terror para o malvado Plankton, com direito a referências ao clássico O Iluminado (1980). Além disso, o humor escapista da animação se torna especialmente atual e ácido nestes tempos de escassez de artigos essenciais.

Nayara Reynaud


Trailer


Deixe seu comentrio:

Imagem de segurana