7 Caixas

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 4 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Víctor, um carregador de 17 anos, se distrai imaginando ser famoso ao ver sua imagem refletida na televisão de uma loja de DVDs em pleno Mercado Municipal Nº 4, provocando a perda de um cliente para outro carregador. O dia-a-dia do mercado é competitivo e há milhares como ele esperando para levar as compras dos clientes em troca de uma pequena remuneração. Víctor entende que precisa se mexer para conseguir algum dinheiro nesse dia e recebe uma proposta incomum: transportar 7 caixas, cujo conteúdo ele desconhece, em troca de uma nota rasgada de 100 dólares.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

22/04/2014

Mais do que um filme, 7 Caixas acabou tornando-se uma verdadeira afirmação da identidade nacional paraguaia. Vencedor de mais de 20 prêmios internacionais, em San Sebastián, Biarritz, Cartagena, Miami e outros locais, o longa da dupla de diretores Juan Carlos Maneglia e Tana Schembori foi a maior bilheteria da história desta cinematografia escassa, em que também pontuou a estrela solitária de Hamaca Paraguaya (2006), um cult igualmente premiado em diversos festivais.  
 
Ágil e nervosa, a ação de 7 Caixas, ambientada nos corredores estreitos do Mercado 4 de Assunção, faz seu tributo a Cidade de Deus, de Fernando Meirelles, bem como ao estilo de Guy Ritchie e Quentin Tarantino, ao contar a perigosa aventura do jovem carregador Victor (Celso Franco). Sorte que os diretores não se esquecem de botar um tempero bem paraguaio, começando pelo idioma falado pelos personagens, misturando castelhano e guarani-jopará.
 
Lutando para sobreviver, Victor é obcecado pela imagem, acompanhando, ao ponto de decorar as falas, os filmes exibidos numa loja de DVDs. Nada de estranhar que, naquele ano de 2005, em que começam a surgir celulares com câmeras, o objeto torne-se seu sonho de consumo. Um sonho virtualmente fora de seu alcance, por seu custo.
 
Quando o acaso de estar na loja de celulares, conversando com a balconista Alejandra (Liliane Alvarez), dá-lhe a oportunidade de pegar um serviço, surge uma esperança de bom faturamento. Verdade que as circunstâncias deste frete são um tanto estranhas. Victor chega a um açougue, cheio de policiais na porta, e é chamado numa porta lateral. Ali, Gus (Roberto Cardozo), lhe entrega algumas caixas fechadas, que têm que sair dali rapidamente, sem que os policiais vejam. Victor ganha um celular emprestado para receber instruções posteriores sobre a entrega e recebe como “adiantamento” a metade de uma nota de 100 dólares.
 
Tudo o que garoto precisa fazer é esconder as caixas da polícia e de curiosos por algumas horas. Mas é claro que, no meio do caminho, diversos incidentes vão complicar um serviço que parecia fácil. Como a raiva do carregador que chegou atrasado, Nelson (Víctor Sosa), que convoca uma série de amigos para perseguir Victor e sua carga misteriosa.
 
Com uma câmera e montagem ágeis, e direito a várias perseguições dentro do labirinto que é o mercado de Assunção, o filme encontra uma linguagem na justa medida do universo que procura retratar. Não é difícil torcer pelo jovem protagonista, o ator estreante Celso Franco, que entra naturalmente na pele de alguém comum e despossuído, colhido em circunstâncias excepcionais.
 
O roteiro, assinado pelos diretores, mantém a ação recusando-se a ser uma trama de uma piada só. Ou seja, bem antes da metade, a curiosidade de Victor já irá revelar o conteúdo das caixas. A direção segura vai distribuindo a conta-gotas os detalhes de como esse conteúdo chegou ali, criando tensão e humor negro numa comédia de erros em que cada personagem, por menor que seja, tem uma função a desempenhar. Caso da irmã de Victor (Nelly Davalos), do filho do patrão dela (Jin Hyuk Johnny Kim), do dono do açougue, don Dario (Paletita), e especialmente da melhor amiga de Victor, Liz (Lali González). 
 
Com esta história movimentada e sem gorduras, 7 Caixas tem tudo para tornar-se um pequeno cult. Tomara que o público tenha a curiosidade de descobri-lo.  

Neusa Barbosa


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança