Ender's game - o jogo do exterminador

Ender's game - o jogo do exterminador

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Setenta anos depois de uma tremenda destruição causada pelos alienígenas, eles estão de volta. Agora a estratégia está em treinar um garoto, Ender Wigg, como o destemido heroi que poderá salvar a Terra.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

17/12/2013

Uma nova saga literária chega aos cinemas com a promessa de se tornar mais uma longeva e bem-sucedida série, desta vez no terreno da ficção científica. Saem os vampiros, bruxas, magos e homens-lobos, e entram crianças superdotadas, nascidas para lutar contra alienígenas que tentam invadir a Terra.
 
Escrito e dirigido pelo cineasta Gavin Hood (responsável por X-Men Origens: Wolverine), o roteiro adapta a obra do escritor sci-fi Orson Scott Card. Em seus livros, a Terra foi vítima de uma tentativa de invasão por parte dos “abelhudos”, alienígenas morfologicamente similares a insetos, o que levou a uma expressiva diminuição da população mundial, e também a uma nova ordem geopolítica (embora similar à Guerra Fria).

No futuro criado pelo autor (em 2164), uma instituição global prepara soldados para uma nova invasão: a Esquadra Internacional. Ela seleciona crianças para um intenso treinamento, com o objetivo de encontrar um novo líder militar que irá aniquilar o inimigo.
 
Nesse contexto, o Coronel Graff (Harrison Ford) passa a acreditar que esse líder possa ser o estudante Ender Wigg (Asa Butterfield). Com a ajuda da Major Gwen Anderson (Viola Davis), o coronel analisa o comportamento do garoto e o envia para uma estação espacial chamada de Escola de Combate, onde as crianças superdotadas são treinadas.

O primeiro livro e filme, portanto, narram a formação de Ender em um ambiente militar, restritivo e repleto de violência. Um caráter perverso da história criada por Scott Card, em que são selecionadas crianças porque “qualquer pessoa decente, que saiba o que é a guerra, nunca poderia entrar em combate de todo o coração”. E entrar de todo o coração significa aprender a matar como se fosse um jogo, sem os desafios éticos implícitos na vida real.

Apesar de algumas omissões, como o contexto político na Terra, a adaptação segue fielmente a premissa central do livro. Muito embora o personagem principal devesse ter seis anos quando convocado, e não o dobro como aparenta  o ator Asa Butterfield (revelado em O Menino do Pijama Listrado), entende-se a escolha, já que Ender termina o livro com 12.

Com participação especial de Abigail Breslin e Ben Kingsley, Ender’s  Game – O Jogo do Exterminador é uma produção competente, com um elenco bem-conduzido e alinhado com a proposta. Porém a falta de ação mais pungente neste primeiro episódio (a confirmação das sequências virá das bilheterias) é um problema se olharmos para o público-alvo, meninos adolescentes. Afinal, aparentemente, é um filme para brincar de guerra e não participar de uma.

Rodrigo Zavala


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança