Elena

Ficha técnica

  • Nome: Elena
  • Nome Original: Elena
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: Brasil
  • Ano de produção: 2012
  • Gênero: Documentário
  • Duração: 82 min
  • Classificação: 12 anos
  • Direção: Petra Costa
  • Elenco:

Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 5 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Quando sua irmã Elena foi para Nova York tentar ser atriz de cinema, Petra Costa sentiu sua falta. Ainda era criança quando ela se suicidou. Neste documentário, Petra, que também é atriz, resgata a história de sua irmã, tentando compreender suas razões.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

08/05/2013

Um trailer espalhado pela internet nos últimos tempos pergunta “Quem é Elena?”. Famosos – de Wagner Moura a Alexandre Borges – perguntam quem é ela e ainda fornecem algumas informações sobre a moça. Esse vídeo, de certa forma, não apenas instiga a nos perguntarmos ‘Quem é Elena?’, mas também mostra que a diretora Petra Costa – irmã da referida Elena – tem as conexões certas no meio artístico.
 
O documentário Elena , mais que um filme, é um ritual de exorcismo de uma irmã buscando meios para lidar com a perda de outra. Quando era criança, com apenas 7 anos, Petra perdeu a irmã mais velha, Elena, aspirante a atriz que se matou. Combinando filmes caseiros da família, gravações em áudio que Elena mandava para a família quando morava em Nova York, o documentário desconstrói uma figura contraditória e fascinante.
 
A fascinação é tão grande que Petra não consegue se livrar, impondo algum distanciamento – e desse embate resulta um documentário frágil, que nem sempre se sustenta. “Quem é Elena?” ecoa durante todo o filme. É uma pergunta que não é possível responder. 
 
Esse réquiem, no entanto, reflete o processo da própria diretora em elaborar o luto de algumas décadas, às vezes de maneira excessiva, especialmente na duração de diversas sequências (inclusive em muitas em que ela aparece e nem sempre se justificam). É um filme barroco, repleto de composições visuais que se esvaziam em si mesmas. Por mais instigante que o trailer fosse, o longa é frágil em sua tentativa de captar sua figura de estudo, porque, retirado o motivo pessoal, Elena se dilui.

Alysson Oliveira


Trailer


Comente
Comentários:
  • 11/05/2013 - 07h03 - Por Débora Pereira Nunca vi uma crítica de cinema tão mal feita e tão insensível a um filme que não responde apenas quem é Elena,mas também a várias questões existenciais, femininas, das dificuldades de uma geração. Não é um filme que fala de suicídio, é uma busca pela vida. Penso que ao autor dessa crítica (que nem teve coragem de assinar) não tem a mínima noção do foi a construção desse filme (que transparece nas telas). Agora, chamar de barroco, ridículo demais, coisa de quem não entende nada!
  • 23/05/2013 - 10h57 - Por Ademar de Queiroz Legal entregar assim, de cara, que a personagem-título é uma suicida. =o/ Eu preferiria ir ao cinema sem saber disso, instigado por descobrir o destino de Elena, seu desaparecimento na agitada NY, como o trailer e outras resenhas insinuavam. Em qualquer tipo de crítica/análise, MENOS É MAIS.
Deixe seu comentário:

Imagem de segurança