Cristina Quer Casar

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


País


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

25/02/2003

Nem sempre a presença de atores globais é um artifício de produtores para levar o público a arriscar-se a assistir a um filme que não teria outros atrativos a oferecer, além de lindos rostos de novela. Se em Avassaladoras, a diretora Mara Mourão apresentava apenas a beleza de seu rico elenco, esquecendo-se de entregar um filme, em Cristina Quer Casar, o diretor Luiz Villaça mostrou que sabe se valer de rostos conhecidos do público, tirando o máximo proveito de uma história simples, divertida e bem construída por seus personagens.

Embora tenha vários ingredientes em comum com Avassaladoras, como personagens em busca de relacionamentos que recorrem a uma agência matrimonial, o filme de Luiz Villaça, o prestigiado diretor de séries de TV, consegue um resultado mais satisfatório ao não menosprezar a inteligência da platéia.

Denise Fraga, atriz de TV e teatro, é a Cristina do título. Desempregada e com dificuldades para manter a mãe viúva, acaba procurando uma agência de encontros em busca do homem ideal. Quem sabe casando-se com um bom partido consiga melhorar de vida.

Chico (Marco Ricca), o dono da agência, vem de um casamento fracassado e também está com os credores em seus calcanhares. Ele torce para que o seu negócio dê certo pois para cada casamento realizado tem o direito de realizar a festa e faturar alto.

Chico faz o possível para arranjar um namorado para Cristina e investe as fichas em Paulo (Fábio Assunção), um rapaz tímido, com dificuldades para declarar seu amor a uma mulher. O tempo passa, os credores apertam e Chico se desdobra para que o romance de Cristina e Paulo finalmente decole.

O agenciador orienta o casal, ensina Cristina a dançar, dá conselhos a Paulo e, quando percebe, está mais próximo da moça do que deveria. Mesmo que o final não seja surpreendente, o diretor sabe manter o clima da história sem deixar o espectador frustrado.

Cineweb-28/2/2003

Luiz Vita


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança