Leite e Ferro

Ficha técnica

  • Nome: Leite e Ferro
  • Nome Original: Leite e Ferro
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: Brasil
  • Ano de produção: 2010
  • Gênero: Documentário
  • Duração: 72 min
  • Classificação: Livre
  • Direção: Cláudia Priscilla
  • Elenco:

Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

Documentário acompanha o dia a dia de um grupo de presas que acabaram de ter filhos e os amamentam no Centro de Atendimento Hospitalar à Mulher Presa (CAHMP). No filme, emergem suas histórias de vida, a relação com a maternidade, seus filhos e a sociedade.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

24/11/2011

“Desejo [de grávida] na cadeia dá e passa porque a gente está presa e não pode ter desejo”, diz uma das entrevistadas de Leite e Ferro que, em 2010, ganhou o prêmio de melhor documentário no Festival de Paulínia. O filme tem como centro o Centro de Atendimento Hospitalar à Mulher Presa (CAHMP) e suas moradoras – mulheres em fase de aleitamento que são transferidas dos presídios para lá.
Essas mulheres ficam com seus recém-nascidos por apenas quatro meses. Depois voltam para o presídio e os filhos são entregues para pessoas da família, orfanatos ou até adotados. O filme de Claudia Priscila acompanha o cotidiano dessas mulheres que, aos poucos, se mostram bem à vontade na frente das câmeras, conversando francamente entre si.
Quando um filme foca assim no coletivo, sempre uma das personagens acaba se destacando, seja pela história de vida, pelo carisma. No caso, é uma mulher conhecida como Daluana, apelido que ganhou por namorar um traficante conhecido como ‘Da lua’. Quando o longa foi feito, ela estava na instituição pela segunda vez. Teve seu primeiro filho aos 14 anos.
Leite e Ferro encontra sua força nas histórias de vida de suas personagens. Todas um tanto parecidas, mas cada uma com sua particularidade. Mostrando que o instinto materno prevalece, não importando onde a mãe esteja.  

Alysson Oliveira


Trailer


Comente
Comentários:
  • 27/11/2011 - 22h31 - Por Ana Paula Achei muito raso, meio preguiçoso, características incompatíveis com um bom documentário.
Deixe seu comentário:

Imagem de segurança