O retorno de Johnny English

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 2 votos

Vote aqui


País


Sinopse

O impávido e atrapalhado agente Johnny English envolve-se numa missão de caça de assassinos que pretendem matar o primeiro-ministro chinês.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

27/10/2011

Conhecido pela série de TV Mr. Bean, o ator Rowan Atkinson parece estar sempre fadado aos mesmos papéis. O sujeito trapalhão e engraçado, que faz rir mesmo chorando, está impresso em seus personagens, apesar da multifacetada carreira inglesa.

Aqui, o ator interpreta o agente do serviço secreto britânico Richard Lathan, em uma clara paródia à franquia 007. Como ocorreu no primeiro filme (2003), a agência MI-7 se vê obrigada a colocá-lo em ação, apesar da completa inépcia do profissional.
 
Ele é chamado, após um período de imersão e treinamento com monges tibetanos, para impedir um atentado contra o primeiro-ministro chinês, a partir de um complô entre KGB, CIA e até mesmo o MI-7. Para isso, contará com a colaboração do agente Tucker (Daniel Kaluuya), seu parceiro de desventuras, e da chefe Pamela (Gillian Anderson, de Arquivo X), que apaga o rastro dos problemas deixados por ele.   
 
As situações inusitadas protagonizadas por English chegam a lembrar as de Peter Sellers em Casino Royale (1967), mas sem a elegância do segundo. Atkinson mantém a mesma expressão deslavada, seja em cenas onde recebe chutes na virilha ou em piadas mais sofisticadas.
 
Como comédia familiar, O Retorno de Johnny English pode agradar aos fãs de Atkinson, apesar do fraco roteiro. Mesmo sendo a antítese de 007, este agente secreto tem uma compreensão muito diferente dele mesmo, levando o espectador a um divertido jogo de ironias. Papel ideal para Atkinson.

Rodrigo Zavala


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança