Estrada para Ythaca

Estrada para Ythaca

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Depois da morte de um amigo, quatro jovens caem na estrada em busca de uma cidade mítica. A jornada e seus percalços se tornam mais importante do que o destino.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

18/05/2011

É impossível não ver Estrada para Ythaca como uma ação entre amigos. Escrito, dirigido, produzido, fotografado, interpretado e montado, entre outras coisas, pelo quarteto Guto Parente, Luiz Pretti, Pedro Diógenes e Ricardo Pretti, o longa, premiado no Festival de Tiradentes de 2010, parece ter sido feito não apenas entre amigos, mas também para amigos.
 
Primeiro filme a ser exibido pelo Sessão Vitrine (um projeto que levará aos cinemas filmes premiados que não conseguem um distribuidor), Estrada para Ythaca tem como centro um grupo de amigos em busca da mítica Ythaca, depois que um colega deles morre. É um road movie no qual a viagem é mais importante do que o destino, que assume ares metafóricos.
 
A primeira parte do filme se resume aos quatro rapazes – barbudos e meio sujos - bebendo numa mesa de bar e falando bobagens, coisa que a maioria das pessoas faz com amigos, mas, quase ninguém se dá ao trabalho de filmar e levar para o cinema.  
 
Quando eles caem na estrada, ensaia-se uma mudança, um filme que poderia acontecer, mas esse diário de viagem não tem a força ou a urgência de um filme como Viajo porque preciso, volto porque te amo – também um road movie anticonvencional. Aqui, apóia-se no frescor da juventude dos rapazes, para os quais nada parece ter limite.
 
É preciso certa dose de boa vontade para se interessar por esse jornada permeada por referências cinematográficas e metáforas – algumas nada sutis, quando ao final, por exemplo, os quatro personagens aparecem barbeados e de banho tomado. É um filme de guerrilha, feito com o coração e a coragem, mas nem sempre esses ingredientes são suficientes para a realização de uma obra de qualidade.

Alysson Oliveira


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança