À moda da casa

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 1 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Maxi é um chef de cozinha gay que precisa cuidar de um casal de filhos depois que sua ex-mulher morre. Enquanto tenta ganhar a confiança deles, acaba se envolvendo com seu vizinho, ex-jogador de futebol e atual comentarista de televisão, que tem medo de tornar pública sua homossexualidade.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

11/01/2010

A comédia espanhola À Moda da Casa levanta uma pergunta bem interessante: existem profissões que aceitam mais facilmente os homossexuais do que outras? Se depender daquilo que mostra o longa, a resposta é sim. O personagem central é Maxi (Javier Camara, de Fale com Ela), um chef de cozinha gay, dono de um restaurante, que ‘herda’ seu casal de filhos de um casamento que durou pouco, depois da morte de sua ex-mulher.
 
Maxi não enfrenta nenhum problema com sua sexualidade, nem no trabalho, nem em casa. Por outro lado, quando começa a namorar Horacio (Benjamín Vicuña), um comentarista esportivo, e ex-jogador de futebol, surge um impasse: eles não podem assumir publicamente o relacionamento. “Isso acabaria com a minha carreira na televisão”, diz o esportista, que também garante conhecer diversos jogadores gays que não se assumem.
 
Se o filme, dirigido pelo estreante Nacho G. Villela, que também assina como corroteirista, não se aprofunda muito nessa questão, ao menos, tem a coragem de colocar em cena esse impasse que, embora, resolvido com certa simplicidade, não deixa de ser relevante.
 
À Moda da Casa centra-se no personagem de Maxi, que precisa ser o pai que seus filhos nunca tiveram – ele nunca os conheceu até sua ex-mulher chamá-lo no seu leito de morte (literalmente). Enquanto tenta se aproximar dos filhos, lidar com a homofobia do mais velho e não perder o amor de Horácio, o chef também sonha em conquistar uma estrela do guia Michelin para o seu restaurante - o que certamente o tornaria mais conceituado e famoso.
 
A melhor amiga de Maxi é Alex (Lola Dueñas, de Volver Abraços Partidos), hostess do seu restaurante e uma mulher-à-beira-de-um-ataque-de-nervos, que precisa-porque-precisa de um namorado. Por conta dos diversos foras que leva, Alex vive chorando nos ombros de seu amigo. Até se apaixonar por Horácio e achar que é correspondida.
 
Com uma temática dessas, À moda da casa poderia facilmente cair no escracho ou na baixaria. Felizmente, o bom senso e o bom gosto prevalecem. Há momentos engraçados e uma certa honestidade e dignidade ao tratar de questões complexas que, embora nunca alcancem a devida profundidade, também nunca se tornam motivo de vulgaridades.

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança